destaques
conteúdo
publicidade
supernova
  • A galeria paulistana Bergamin & Gomide é a única brasileira participante da versão nova-iorquina da tradicional feira europeia TEFAF, original de Maastricht (Holanda),. A feira internacional intitulada TEFAF New York Spring tem a participação de 92 expositores, com ênfase em arte moderna e contemporânea e também em design, e ocorre no Park Avenue Armory entre 4 e 8/5.
  • “Viva Arte Viva” é o título da 57ª Esposizione Internazionale d’Arte, também conhecida como Bienal de Veneza, da qual artistas de 51 países exibem trabalhos em torno da proposta de contrapor o debate de ideias humanistas e o agravamento de conflitos políticos de diversas ordens. Quatro brasileiros foram escalados pela curadora francesa Christine Macel: o baiano Ayrson Heráclito, a paulistana Erika Verzutti, o pernambucano Paulo Bruscky e o carioca Ernesto Neto. No pavilhão brasileiro, a mineira Cinthia Marcelle apresenta uma grande instalação. A Bienal de Veneza fica em cartaz entre maio e novembro.
  • Criado em dezembro de 2015, o Instagram do Mapa das Artes ultrapassou a marca de 2.000 seguidores em 17/1/17! Nada mal por set tratar de um veículo dedicado exclusivamente às artes plásticas, assunto que interessa a poucos... Já são três postagens que atingiram três dígitos de curtidas: Cinthia Marcelle na Bienal de Veneza (132 likes), o assassinato do embaixador russo em vernissage na Turquia (110 likes) e João Carlos de Figueiredo Ferraz como novo presidente da Fundação Bienal (110 likes)!
  • A 8ª edição do Salão dos Artistas Sem Galeria recebeu 194 inscrições (aumento de 13% em relação à 7ª edição) de 12 Estados mais o Distrito Federal. São Paulo compareceu com 101 artistas, sendo 75 da capital, 15 do interior, 8 da Grande São Paulo e três do litoral. Rio de Janeiro teve 28 inscritos (21 da capital, cinco do litoral e dois do interior). Em seguida, vieram Minas Gerais (22 inscrições, sendo 16 de Belo Horizonte e seis do interior de MG), Paraná (13, sendo nove de Curitiba), Rio Grande do Sul (11, sendo oito de Porto Alegre), Distrito Federal (cinco), Pernambuco (dois de Recife), Espírito Santo, Rio Grande do Norte e Mato Grosso do Sul (um de cada).
  • A 8ª edição do Salão dos Artistas Sem Galeria mostra ainda que os locais de nascimento dos artistas são ainda mais variados: 14 Estados, Distrito Federal e seis outros países (2 da Argentina, Japão, Itália, Cuba, Moçambique e França). A maioria é natural do Estado de São Paulo (88, sendo 60 da capital). Depois vem Minas Gerais (17 de Belo Horizonte e nove do interior), Rio de Janeiro (17 da capital, três do interior e dois do litoral), Rio Grande do Sul (apenas dois de Porto Alegre e dez do interior), Paraná (11 de Curitiba e quatro do interior), Espírito Santo, Goiás e Santa Catarina (três cada), Bahia, Paraíba, Ceará e Piauí (dois cada) e Rondônia e Mato Grosso do Sul (um cada).
  • Nesta 8ª edição do Salão dos Artistas Sem Galeria, o curador Cauê Alves conquistou pela primeira vez o posto de curador preferido pelos postulantes ao Salão, ao ser mencionado por 15 dos artistas inscritos (votação opcional). Agnaldo Farias e Paulo Miyada vieram em seguida, com 13 indicações. Eder Chiodetto foi citado sete vezes. Obtiveram seis menções os curadores Douglas de Freitas, Marcelo Campos, Rafael Fonseca e Mario Gioia. Paulo Herkenhoff, Adriano Pedrosa e Moacir dos Anjos obtiveram cinco menções cada. Outros 98 nomes foram mencionados nas fichas de inscrição. A indicação de até três curadores na ficha de inscrição foi opcional.
  • A galeria paulistana Zipper repetiu o feito dos três anos anteriores e continua sendo a preferida dos 194 artistas inscritos agora na 8ª edição do Salão dos Artistas Sem Galeria. A Zipper recebeu 55 votos opcionais e espontâneos. A Casa Triângulo recolheu os frutos de sua mudança para os Jardins e obteve 28 menções. Em seguida vieram Millan e Vermelho, com 21 menções cada. Fortes D’Aloia & Gabriel (ex-Fortes Vilaça) e Nara Roesler tiveram 14 menções. A Mendes Wood DM teve 12. Outras 45 galerias foram citadas na enquete opcional.
  • O apressadinho Luiz Carlos Moreira, o Lula, do Tableau, saiu na frente e já divulgou toda a sua agenda de leilões em 2017, a saber: fevereiro, captação entre 23/1 e 1/2, exposição entre 17 e 20/2, leilão em 21, 22 e 23/2; março, captação entre 24/2 e 8/3, exposição entre 24 e 27/3, leilão em 28, 29 e 30/3; abril e maio, captação entre 31/3 e 12/4, exposição entre 28/4 e 1/5, leilão em 2, 3 e 4/5; e junho, captação entre 5 e 17/5, exposição entre 2 e 5/6 e leilão em 6, 7 e 8/6. O segundo semestre pode ser acompanhado no site da casa de leilões: www.tableau.com.br.
  • A Casa Daros, no Rio de Janeiro, anunciou que vai enviar a biblioteca de 4,5 mil volumes para a sua matriz em Zurique, na Suíça... Pois já vai tarde... O Rio de Janeiro possui bibliotecas infinitamente melhores... Em dois anos e meio de funcionamento, a Casa Daros não produziu nada de relevante para a vida cultural da Cidade Maravilhosa... Tomara que vá embora o quanto antes e que, da cidade, não leve sequer o pó...
  • O site Mapa das Artes está batendo um recorde de audiência ao mês. Em 10/6/13 quebrou seu recorde diário com a visita de 3.096 pessoas (média de 129 visitas por hora e pico de 206 entre 18h e 19h). Os recordes diários anteriores eram de 3.087 em 27/5, 3.051 em 25/6 e 3.049 pessoas em 10/4, todos em 2013. O recorde semanal, com a média de 2.554 pessoas, se deu entre 12 e 18/5/13 (total de 17.882 visitas na semana). O recorde mensal é de maio de 2013, com a visita de 74.800 pessoas (média de 2.412 pessoas ao dia). A cifra corresponde a um aumento de 19,5% de audiência em relação ao recorde mensal anterior, de dezembro de 2012, quando recebeu a visita de 62.592 pessoas, média de 2.019 ao dia.