destaques
conteúdo
publicidade
pega ladrão

Escultura é roubada no Centro de São Paulo +

Os roubos de esculturas e peças de bronze atingiram um nível insuportável nos últimos dias. Como se já não bastasse o roubo de peças cemiteriais e partes de estátuas espalhadas pela cidade de São Paulo, agora estão partindo para o roubo de obras de arte inteiras, como o que aconteceu recentemente na rua 7 de abril, na região central da cidade.
Instalada na entrada do prédio do Banco das Nações desde que o imóvel foi inaugurado, na década de 1960, a escultura representando um semeador foi roubada por dois homens que a arrancaram e a levaram em uma carroça. Apesar de o edifício ter câmeras de segurança, ainda não foi possível identificar os criminosos. Veja o vídeo em www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=sJdMpLvfsvA
Na base da escultura, de granito, está o lema do banco, que diz “poupar, semear, prosperar”. O Banco das Nações foi bastante atuante em São Paulo, especialmente nas década de 1950 e 1960, quando mantinha dois edifícios na capital, este na rua 7 de abril, e outro na região da rua 25 de março.
|
Texto de Douglas Nascimento originalmente publicado no site www.saopauloantiga.com.br | 12/03/15.