destaques
conteúdo
publicidade
curtas

MAC USP promove evento educativo Desenhando a Paisagem no MAC +

O Museu de Arte Contemporânea da USP (MAC USP) promove em 25/06/16, das 15 às 17h30, o evento “Desenhando a Paisagem no MAC USP”, com o educador Evandro Nicolau. Partindo de obras que tem como tema a paisagem pelas exposições “A Casa”, “Vizinhos Distantes: arte na América Latina no acervo do MAC USP”, “Visões da Arte no Acervo do MAC USP 1900-2000: Bastidores”, os participantes farão exercícios práticos de desenho, explorando aspectos da paisagem e suas possibilidades de representação. No final, no pôr-do-sol, os visitantes irão ao último andar do museu pra vista da cidade com desenhos e anotações. Evento gratuito com inscrição prévia pelo telefone (11) 2648 -0258 ou pelo email edumac@usp.br.
|
Mais informações:
Museu de Arte Contemporânea da USP
Parque do Ibirapuera: av. Pedro Álvares Cabral, 1.301, antigo prédio do Detran, tel. (11) 2648-0254.
www.mac.usp.br

Fundação Bienal promove laboratório de performance +

A Fundação Bienal de São Paulo e a Oficina Cultural Oswald de Andrade promovem em 25/06/16, das 10h às 13h, o laboratório “Pluralidades do corpo e a performance” que investiga dos processos de criação da artista Rita Ponce de León, participante da 32ª Bienal, como a desautomatização do movimento e a exploração de um corpo-molde, presente na publicação “Incerteza viva - Processos artísticos e pedagógicos”. A inscrição é gratuita pelo link: https://goo.gl/ILAVd3
|
Oficina Cultural Oswald de Andrade
Bom Retiro: r. Três Rios, 363. São Paulo - SP
www.materialeducativo.32bienal.org.br/

MoLA (Mostra Livre de Artes) recebe inscrições - Rio de Janeiro (RJ) +

A MoLA – Mostra Livre de Artes, no Circo Voador, no Rio de Janeiro (RJ), chega à 8ª edição no dia 24/09/16. Serão selecionados quatro bandas, quatro artistas visuais, três performances e um cineclube. As inscrições estão abertas até 10/08/16.
Os interessados podem inscrever mais de um trabalho, tanto na mesma quanto em diferentes áreas. Basta entrar no site http://mola2016.com.br, baixar a ficha de inscrição da área interessada, preencher a convocatória e enviar por email para 2016mola@gmail.com. O resultado sai em 24/08/16.

Foto Feira Cavalete chega à sua 4ª edição no MIS +

A 4ª edição Foto Feira Cavalete ocorre entre 25 e 26/06/16, das 12h às 20h e das 11h às 20h, com cerca de 150 fotógrafos e autores que usam a fotografia como linguagem, independentes, galerias, editoras, livrarias e selos, no Museu da Imagem e do Som – MIS. A feira, que acontece paralelamente com a programação do Maio Fotografia, tem parceria com a Doc Galeria. Dentre os destaques estão Instituto Moreira Salles, Fotospot (com Araquém Alcântara, Cássio Vasconcellos, Lucas Lenci, Cristiano Mascaro), as editoras Olhavê (Georgia Quintas e Alexandre Belém) e Terra Virgem (Roberto Linsker), Galeria Mezanino, os fotógrafos Juan Esteves, Tita Ponte, Juliana Vinagre, Tete Schmidt, Paula Marina, Ricardo Breda e LivrariaFreebook, entre outros.
|
Museu da Imagem e do Som – MIS
Jardim Europa: av. Europa, 158, tel. (11) 2117-4777.
www.mis-sp.org.br

Ateliê Galeria Priscila Mainieri realiza encontro com arte e música +

O Ateliê Galeria Priscila Mainieri realiza em 25/06/16, das 13h às 17h, um encontro da música com as aquarelas do artista e escritor Rubens Matuck e do multi-instrumentista e compositor Arismar do Espírito Santo. O evento faz parte das comemoração de 60 anos de vida e 40 de trajetória de Arismar.
|
Ateliê Galeria Priscila Mainieri
Vila Madalena: r. Isabel de Castela, 274, tel. (11) 3031-8727.
www.ateliepriscilamainieri.com.br

Memorial da Resistência promove diversas atrações no sábado (São Paulo / SP) +

O Memorial da Resistência, na Estação Pinacoteca, em São Paulo (SP), promete um sábado agitado, com diversas atrações, voltadas a Educação e Direitos Humanos.
Veja a programação:

|

-Dia 25/06/16, sábado, das 9h30 às 13h30
Encontro com Educadores - Formação Cidadã: Diálogos entre o Ensino Formal e Não Formal
A atividade objetiva dialogar sobre a formação cidadã a partir das práticas de educação em Direitos Humanos no âmbito do ensino formal e não formal. A reflexão sobre as experiências do Memorial da Resistência e Núcleo de Formação Cidadã da Universidade Metodista de São Paulo pretende evidenciar a importância na formação de agentes multiplicadores, sobre práticas pedagógicas que valorizem a educação para a cidadania. Atividade gratuita. Certificação emitida em parceria com a Unifesp (Universidade Federal de São Paulo).
Mais informações:
http://memorialdaresistenciasp.org.br/memorial/default.aspx?c=333&mn=&s=5

-Dia 25/06/16, sábado, das 14h às 17h30
Sábado Resistente - Debate sobre o livro "Tortura", de Maria Auxiliadora Arantes
O evento, com o titulo "Tortura, Crime que os Humanos Cometem Contra os Próprios Humanos", discutirá um importante tema que permanece como ponto central a respeito dos Direitos Humanos no país: a questão da prática da tortura como elemento de pressão física e psicológica. Com entrada gratuita, o evento terá participação da autora, psicóloga e psicanalista Maria Auxiliadora Arantes, do professor Márcio Farias, da advogada Mariana Lins e do jornalista Ivan Seixas.
Mais informações:
http://memorialdaresistenciasp.org.br/memorial/default.aspx?c=301&mn=&s=38

-Dia 25/06/16, das 9h30 às 13h30, e dias 27, 29 e 30/06/16, das 14h às 18h
Brasil e Chile: Experiências de Ações Educativas em Memória e Direitos Humanos
Curso a ser ministrado por Cláudia Videla Sotomayor (Museo de la Memoria y los Derechos Humanos, Chile), Prof. Oswaldo de Oliveira Santos Júnior (Núcleo de Formação Cidadã da Universidade Metodista de São Paulo) e equipe do Programa de Ação Educativa do Memorial da Resistência, buscará refletir sobre os Direitos Humanos e a Memória a partir dos diálogos entre as práticas estabelecidas pelo ensino formal e não formal no Brasil e no Chile. Atividade gratuita. Certificação emitida em parceria com a Unifesp (Universidade Federal de São Paulo). A atividade contará com apoio da equipe do Memorial da Resistência para tradução.
Mais informações:
http://memorialdaresistenciasp.org.br/memorial/default.aspx?c=335&mn=&s=5

|

Memorial da Resistência - São Paulo (SP)
Luz, Largo General Osório, 66, tel. (11) 3335-4990
memorialdaresistenciasp.org.br

Itaú Cultural e Faap promovem workshop Cultura - Similaridades e Diferenças +

O Itaú Cultural, em São Paulo (SP), recebe inscrições para o programa Entreolhares, de formação em artes visuais, até 28/06/16. São 20 vagas para o workshop “Cultura - Similaridades e Diferenças”, com o artista africano Mário Macilau, de 07 a 09/07/16. A série conta com a parceria da Faap (Fundação Armando Alvares Penteado). São 20 vagas.
O workshop tem como público-alvo estudantes, artistas, curadores, videomakers, iniciantes e profissionais de todas as vertentes artísticas. As inscrições devem ser feitas pelo site do Itaú Cultural (www.itaucultural.org.br). Os nomes dos selecionados serão divulgados em 01/07/16.
No workshop, Macilau, atualmente na Residência Artística da Faap, parte de pontos de convergência entre o seu país, Moçambique, e o Brasil, como a língua portuguesa, para promover um trabalho de construção e discussão criativa com os participantes. A matéria-prima das criações será as experiências pessoais dos próprios alunos.
O objetivo é suscitar uma reflexão sobre a similaridade entre as duas nações e demonstrar que, quando se trata de cultura, o próprio ser humano pode criar extensas fronteiras que precisam ser ultrapassadas.
As aulas são teóricas e práticas. Macilau é especializado em projetos que envolvem diversos gêneros fotográficos de documentação pessoal para dar suporte à investigações e análises críticas de temas como identidade, questões políticas, condições ambientais e grupos sociais isolados.
As atividades ocorrem no Itaú Cultural (07 e 08/07/16, 18h30/21h30) e na Residência Artística Faap (09/07/16, 10h30/17h)
|
|
Itaú Cultural – São Paulo (SP)
Av. Paulista, 149, estação Brigadeiro do Metrô.
|
Residência Artística Faap – São Paulo (SP)
Edifício Lutetia, Praça do Patriarca, 78, Centro.
|
Mais informações:
Tel. (11) 2168-1777
www.itaucultural.org.br

ProAC (SP) seleciona projetos de preservação e difusão de acervos museológicos +

O ProAC (Programa de Ação Cultural), da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, recebe inscrições até 28/07/16 para concursos de apoio a projetos de preservação e difusão de acervos museológicos.
Para difusão de acervos museológicos, serão premiados oito projetos divididos em dois módulos. No primeiro, serão contemplados quatro iniciativas com prêmio de R$ 30 mil. No segundo, serão premiados mais quatro projetos, com valor de R$ 75 mil. A verba é destinada a apoio para projetos de produção e execução de exposição temporária ou de longa duração, itinerância, produção de catálogo, confecção de material educativo ou ação educativa.
No edital de preservação de acervos museológicos, também serão premiadas oito propostas, dividas em dois módulos. No primeiro, projetos aprovados receberão R$ 30 mil. Quem se inscrever no segundo módulo, estará concorrendo a quatro prêmios de R$ 75 mil. A idéia é de incentivo a projetos de produção, execução, tratamento técnico, acervo, acondicionamento e documentação do acervo.
Os editais estabelecem que 50% dos projetos selecionados sejam de proponentes do interior, litoral e Grande São Paulo.
Mais informações estão disponíveis em www.cultura.sp.gov.br

Memorial da Resistência promove curso sobre Memória e Direitos Humanos (SP) +

O Memorial da Resistência, na Estação Pinacoteca, em São Paulo (SP), promove nos dias 25, 27, 29 e 30/06/16 o curso “Brasil e Chile: Experiências de Ações Educativas em Memória e Direitos Humanos”.
Veja a programação:

|

-Dia 25/06/16, das 9h30 às 13h30, e dias 27, 29 e 30/06/16, das 14h às 18h
Brasil e Chile: Experiências de Ações Educativas em Memória e Direitos Humanos
Curso a ser ministrado por Cláudia Videla Sotomayor (Museo de la Memoria y los Derechos Humanos, Chile), Prof. Oswaldo de Oliveira Santos Júnior (Núcleo de Formação Cidadã da Universidade Metodista de São Paulo) e equipe do Programa de Ação Educativa do Memorial da Resistência, buscará refletir sobre os Direitos Humanos e a Memória a partir dos diálogos entre as práticas estabelecidas pelo ensino formal e não formal no Brasil e no Chile. Atividade gratuita. Certificação emitida em parceria com a Unifesp (Universidade Federal de São Paulo). A atividade contará com apoio da equipe do Memorial da Resistência para tradução.
Mais informações:
http://memorialdaresistenciasp.org.br/memorial/default.aspx?c=335&mn=&s=5

|

Memorial da Resistência - São Paulo (SP)
Luz, Largo General Osório, 66, tel. (11) 3335-4990
memorialdaresistenciasp.org.br

Prêmio Mundie de Fotografia recebe inscrições +

O Prêmio Mundie de Fotografia recebe até 05/07/16 inscrições de fotógrafos profissionais e amadores, brasileiros ou estrangeiros residentes no Brasil, nas categorias Ensaio/Série e Fotografia Única. Serão selecionados para aquisição cinco trabalhos, sendo dois na categoria Ensaio/Série, que receberão o valor líquido de R$ 20 mil cada, e três na categoria Fotografia Única, com prêmio de R$ 5 mil cada.
O tema “A Afirmação do Direito às Artes e à Cultura” tem como referência o artigo XXVII,1, da Declaração Universal dos Direitos Humanos, que reconhece a todo ser humano “o direito de participar livremente da vida cultural da comunidade, de fruir das artes e de participar do progresso científico e de seus benefícios”.
As inscrições devem ser feitas pelo site www.mundie.com.br. Na Comissão de Premiação estão o professor, curador e pesquisador de fotografia Eder Chiodetto, o fotógrafo, escritor e advogado Eduardo Muylaert e a fotógrafa e advogada Elinor Cotait, sócia do escritório Mundie e Advogados, que promove o prêmio.
Os resultados serão divulgados na segunda quinzena de julho de 2016. Os trabalhos premiados e adquiridos passarão a integrar o acervo do escritório e serão exibidos em duas exposições coletivas no segundo semestre de 2016.

Memorial da Resistência recebe a peça E Nós que Amávamos Tanto a Revolução (SP) +

O Memorial da Resistência, na Estação Pinacoteca, em São Paulo (SP), promove uma temporada da peça teatral “E Nós que Amávamos Tanto a Revolução”.
Veja a programação:

|

- Todos os domingos, de 03/07/16 a 28/08/16, das 15h às 16h30
“E Nós que Amávamos Tanto a Revolução”
O espetáculo aborda de forma realista a situação dos presos políticos durante a ditadura civil-militar no Brasil. Diante deste turbulento momento da História, dois homens têm o destino alterado por um golpe. Antônio Maria (Alison Bento) é professor, solteiro e que tem como passatempo escrever poesias, nada de ameaçador, se não fosse 13 de dezembro de 1968. Nesse dia, o professor é levado arbitrariamente ao Dops para prestar depoimento por causa de um poema considerado subversivo e que tinha sido publicado num jornal. Sem ter uma explicação, pois o próprio desconhece a informação, é preso e torturado pelo delegado Miranda (Antônio Marques), que o acusa de terrorismo. Após as apresentações haverá debate com ex-presos políticos.
Classificação: 14 anos. Entrada Gratuita
Mais informações: http://memorialdaresistenciasp.org.br/memorial/default.aspx?c=340&mn=&s=7

|

Memorial da Resistência - São Paulo (SP)
Luz, Largo General Osório, 66, tel. (11) 3335-4990
memorialdaresistenciasp.org.br

Prêmio Energias na Arte anuncia os 10 finalistas +

A 5ª edição do Prêmio EDP nas Artes - Prêmio Energias na Arte, parceria entre instituto EDP e o Instituto Tomie Ohtake, anuncia os 10 finalistas. São eles: André Arçari (Vitória – ES); Antonio Társis de Jesus Miranda (Salvador – BA); Beatriz Barros Martins (Rio de Janeiro – RJ); Eduardo Montelli Lacerda (Porto Alegre – RS); Gabriel Bondezan Botta (São Paulo – SP); Hassan Shahateet (São Paulo – SP); Laura Berbet Ferreira Albino (Belo Horizonte – MG); Luisa Puterman (São Paulo – SP); Santidio Pereira de Sousa (São Paulo – SP); e Van Holanda (Fortaleza – CE).
Dos 237 inscritos, um aumento de 66% em relação à edição anterior, foram pré-selecionados 27 artistas por análise de portfólio. Após entrevistas individuais via Skype, o júri definiu a lista dos 10 finalistas, que terão sua produção acompanhada pelo corpo de jurados até a abertura da exposição, em cartaz entre 09/11/16 e 04/12/16 no Instituto Tomie Ohtake, em São Paulo (SP).
O corpo de jurados foi composto pelas curadoras Beatriz Lemos, Fernanda Albuquerque, Galciani Neves e Julia Lima e os artistas plásticos Marcius Galan e Rodrigo Martins, vencedor da última edição do Prêmio Energias na Arte, em 2014. Os três vencedores, que serão anunciados na abertura da mostra, serão contemplados com bolsas para realizar uma residência artística no Brasil ou exterior.

|

5º Prêmio Energias na Arte
Abertura: 08/11/16, às 20h, para convidados.
Exposição: de 09/11/16 a 04/12/16.

|

Instituto Tomie Ohtake – São Paulo (SP)
Pinheiros: av. Faria Lima, 201, entrada pela Rua Coropés, 88.
Tel. (11) 2245-1900.
Ter. a dom., 11h/20h.
www.institutotomieohtake.org.br

Museu da Imigração completa 23 anos com série de atrações (São Paulo / SP) +

O Museu da Imigração, em São Paulo (SP), completa 23 anos em 25/06/16, sábado, e promove uma série de atrações na data.
|
10h - 12h - Roda de conversa do Núcleo Educativo.
14h - Intervenção e exposição de objetos do Conselho Steampunk.
14h - Apresentação “Cinco Semanas em um Balão”, com a Companhia Teatral Sabre de Luz.
15h - Projeto Música no Jardim com a banda War Industries, Inc.
16h - Piquenique com Sarau.
|
Museu da Imigração - São Paulo (SP)
Mooca: r. Visconde de Parnaíba, 1.316, tel. (11) 2692-1866.
Entrada gratuita aos sábados.
www.museudaimigracao.org.br

ABRA da Vila Mariana muda de endereço e ganha exposição +

A ABRA - Escola de Arte e Design da Vila Mariana está de mudança para um novo endereço: sai da rua Aurea e vai para a Rua Cubatão, 959. No dia 25/06/16, ao meio dia, ocorre mostra uma exposição com trabalhos de alunos da unidade.
Fundada em 1987, pelo artista plástco Laerte Galesso, a escola, que tem escola quatro unidades na capital, oferece cursos na áreas de artes visuais, fotografia, design gráfico, design de interiores, ilustração, moda, arquitetura e paisagismo.
|
Mais informações:
ABRA - Academia Brasileira de Arte
Vila Mariana: r. Cubatão, 959, tels. (11) 3564-2695 / 2696. www.abra.com.br/vilamariana

Galeria Península tem convocatória aberta para programa de performances +

A Galeria Península, de Porto Alegre (RS), recebe, até 01/07/16, inscrições para o PPPP - Programa Público de Performance Península, que seleciona cinco novas residências artísticas e um grupo permanente de estudos gerando intercâmbios múltiplos de conhecimento e reflexões através das práticas.
Os interessados devem se inscrever através do site: http://pppp.art.br/
Os programas passarão a integrar a programação da Galeria Península de julho 2016 a abril 2017, e terá nas suas primeiras residências a participação dos artistas: Carina Senh, Elen Gruber, La Pocha Nostra (Dani d`Emília, Daniel Chavez e Violeta Luna), Marion Velasco, Liana Padilha, Bruno Mendonça, Carla Borba, Rubiane Maia, Andressa Cantergiani e artistas convidados.
O PPPP é um espaço de ativação e trocas em torno das práticas performativas e seus desdobramentos para artistas contemporâneos.
|
Mais informações: http://pppp.art.br/

Itaú Cultural recebe inscrições para workshop de formação em artes visuais +

O Itaú Cultural recebe inscrições, até 28/06, para o worksho gratuito " Cultura – Similaridades e Diferenças" com o artista africano Mário Macilau, em residência artística em São Paulo. As inscrições devem ser feitas pelo site do Itaú Cultural (www.itaucultural.org.br), onde também consta o regulamento. O workshop, que ocorre no Itaúl Cultural (07 e 08/0716) e na Residência Artística FAAP (09/07/16), parte de pontos de convergência entre o seu país Moçambique e o Brasil, para promover um trabalho de construção e discussão criativa com os participantes. A matéria-prima das criações será as experiências pessoais dos próprios alunos. O objetivo é suscitar uma reflexão sobre a similaridade entre as duas nações e demonstrar que, quando se trata de cultura, o próprio ser humano pode criar extensas fronteiras que precisam ser ultrapassadas.
Macilau é especializado em projetos que envolvem diversos gêneros fotográficos de documentação pessoal para dar suporte à investigações e análises críticas de temas como identidade, questões políticas, condições ambientais e grupos sociais isolados, tudo como forma de expressão a sua própria identidade de raiz africana.
|
Mais informações:
Itaú Cultural
Cerqueira César: av. Paulista, 149, estação Brigadeiro do Metrô, tels. (11) 2168-1700 / 1777. www.itaucultural.org.br

7º Salão dos Artistas Sem Galeria chega a Goiânia com mostra dos selecionados +

A Potrich Arte Contemporânea apresenta, a partir de 18/06/16, das 10h às 16h, a produção dos 10 artistas selecionados na 7ª edição do Salão dos Artistas Sem Galeria, evento promovido por este Mapa das Artes. A itinerância da mostra, que já foi exibida na Zipper Galeria e na Sancovsky Galeria, ambas em São Paulo; e na Orlando Lemos Galeria, em Belo Horizonte, agora chega a Goiânia e firma o Salão dos Artistas sem Galeria como um evento que fomenta a profissionalização e a circulação de novos nomes no circuito das artes visuais.
O júri de seleção foi formado pelos curadores Jacopo Crivelli Visconti, Marta Ramos-Yzquierdo e Douglas de Freitas, que escolheram os artistas Bruno Bernardi (GO/SP; natural de Goiânia, mas radicado em São Paulo), Daniel Antônio (MG/SP), Daniel Jablonski (RJ), Felipe Seixas (SP), Giulia Bianchi (SP), Marcelo Oliveira (RJ), Mariana Teixeira (SP), Renan Marcondes (SP), Renato Castanhari (SP) e Sergio Pinzón (Colômbia/SP), que exibem pinturas, esculturas, fotografias, vídeos e instalações. A mostra fica em cartaz até 13/8/16.
|
Mais informações:
A Potrich Arte Contemporânea
Jardim Goiás: rua 52, 689, tel. (62) 3945-0450. www.potrichgaleria.com

Fabio Cypriano e Mirtes de Oliveira lançam livro sobre a história das exposições +

O Galpão VB, em São Paulo (SP), sedia em 25/06/16, às 15h, o lançamento do livro "Histórias das Exposições / Casos Exemplares", organizado por Fabio Cypriano e Mirtes Marins de Oliveira, que na ocasião se juntam ao curador Pablo Lafuente para falar com o público sobre a publicação. No mesmo dia, das 12h às 18h, o espaço abre mostras de Giselle Beiguelman e Cinthia Marcelle.
O livro apresenta pesquisas sobre as histórias das exposições que vão além de uma análise fetichista que privilegia obras e artistas, voltando sua atenção para o peso que as instituições têm na disseminação e consagração desses objetos/ações e seus produtores. "Histórias das Exposições / Casos Exemplares" reúne um grupo de pesquisadores já envolvidos com essa temática, e cada um aborda questões essenciais que envolvem as histórias das exposições: dos dispositivos arquitetônicos usados ao longo do século XX a estudos de caso específicos. Na data, ocorre aberturas de exposições "Trilogia", de Cinthia Marcelle, e "Quanto pesa uma nuvem?", de Giselle Beiguelman.
|
|
Galpão VB - São Paulo (SP)
Vila Leopoldina: av. Imperatriz Leopoldina, 1.150, tel. (11) 3645-0516.
www.videobrasil.org.br
|
|

Leia o texto da orelha do livro:

O estudo das Histórias das Exposições é um novo campo para a compreensão da arte. Ele pressupõe que um momento essencial para a obra de arte é quando ela se relaciona com o público, portanto a partir de sua visibilidade em uma exposição. Por esse método, o contexto assume grande importância.
Assim, o que se busca com a pesquisa sobre as histórias das exposições é ir além de uma análise fetichista que privilegie obras e artistas, voltando a atenção para o peso que as instituições têm na disseminação e consagração desses objetos/ações e seus produtores. Não existe uma instituição neutra, e cada detalhe material das exposições que abriga indica possíveis matrizes conceituais e ideológicas.
“Histórias das Exposições. Casos Exemplares” reúne um grupo de pesquisadores já envolvidos com essa temática, e cada um aborda questões essenciais que envolvem as histórias das exposições: dos dispositivos arquitetônicos usados ao longo do século 20 a estudos de caso específicos.
O livro tem início com uma entrevista com o curador espanhol Pablo Lafuente, que, entre 2010 e 2015, foi editor da revista Afterall e da série de livros “Exhibition Histories”, que deu início ao método de estudo das Histórias das Exposições.
Mirtes Marins de Oliveira aborda uma das questões essenciais na arquitetura da arte: o cubo branco em sua relação com o Museu de Arte Moderna de Nova York.
Já Vinícius Sprícigo busca criar uma arqueologia das exposições, enquanto Priscila Arantes aborda o arquivo como um dos dispositivos curatoriais centrais na produção contemporâneo. Um bom exemplo nesse sentido é análise de Fernando Oliva sobre a 3a. Bienal da Bahia, realizada 46 anos depois da segunda edição, e que se debruçou sobre os motivos desse hiato tão grande.
Finalmente, três autores abordam o legado deixado por quatro curadores brasileiros em mostras históricas no país. Ana Maria Maria trata de Frederico Morais nos Domingos de Criação (1971) e Walter Zanini com a 6a. Jovem Arte Contemporânea (1972); Cauê Alves aborda o trabalho de Aracy Amaral em Projeto Construtivo Brasileiro na Arte (1972); Fabio Cypriano retrata a reformulação de Lisette Lagnado com a 27a. Bienal de São Paulo, “Como Viver Junto” (2006).
Com uma perspectiva plural – as histórias – propõe na partida uma perspectiva que sugere o diálogo, mas também o debate e os ruídos, entre diferentes versões dos agentes que constroem o tecido histórico.

Sebastião Salgado é o novo artista representado da Galeria Silvia Cintra + Box4 +

Um dos maiores nomes da fotografia mundial, o brasileiro Sebastião Salgado acaba de ser anunciado como artista representado pela galeria carioca Silvia Cintra + Box4. A parceria já rende frutos em julho, quando acontece sua primeira individual no espaço da Gávea.

Mineiro nascido em Aimorés, no ano de 1944, Sebastião Salgado vive em Paris, cidade que o recebeu quando foi exilado no Brasil, no período da ditadura militar.
Salgado possui também uma extensa bibliografia, sendo alguns de seus trabalhos mais conhecidos os livros das séries “Trabalhadores”, “Exodus” e mais recentemente “Gênesis”.
 Salgado possui também uma extensa bibliografia, sendo alguns de seus trabalhos mais conhecidos os livros das séries “Trabalhadores”, “Exodus” e mais recentemente “Gênesis”.


Sebastião Salgado é também, ao lado de sua esposa Lélia Wanick, co-fundador do Instituto Terra, em Minas Gerais, que tem como missão a restauração ecossistêmica e a educação ambiental.
Por ter uma obra extremamente ligada a causas sociais e humanitárias, Salgado é Embaixador da Boa Vontade da UNICEF e membro honorário da Academia de Artes e Ciências dos Estados Unidos. Recentemente o fotógrafo também foi eleito membro da respeitada Academia de Belas Artes da França.
Em 2014 foi lançado o documentário “Sal da Terra” ,dirigido por Win Wenders e Juliano Ribeiro Salgado sobre a obra de Sebastião Salgado. O filme venceu o César, de Melhor Documentário e concorreu ao Oscar na mesma categoria.
|
Mais informações:
www.silviacintra.com.br/

Capacete Entretenimentos realiza programa artístico em Atenas em 2017 +

O Capacete Entretenimentos, sediado no Rio de Janeiro (RJ), promove entre março e dezembro de 2017 um programa artístico em Atenas, em paralelo à realização na capital grega do evento alemão Documenta de Kassel 14, que ocorre de 08/04/16 a 16/07/16.
Um grupo de até 12 participantes será selecionado para participar do programa, entre latino-americanos e gregos. A comissão de seleção é formada por Zafos Xagoraris, Paul B. Preciado, Ligia Nobre, Amilcar Packer e Helmut Batista.
A primeira parte do programa consiste em observação, escuta e relacionamento sócio-cultural. Na segunda parte, serão realizados programas públicos, com a colaboração de agentes locais.
As inscrições podem ser feitas até 25/07/16. O Capacete vai custear a acomodação dos selecionados. Transporte e demais custos no local ficarão por conta dos participantes.
|
Mais informações:
Capecete Entretenimentos - Rio de Janeiro (RJ)
Glória: r. Benjamin Constant, 131.
opencall@capecete.org
www.capacete.org

ABRA Vila Mariana (SP) ganha nova sede +

A unidade da ABRA (Academia Brasileira de Arte) na Vila Mariana, em São Paulo (SP), ganha uma nova sede, com inauguração em 25/06/16, a partir das 12h, com exposição de trabalhos dos alunos nas áreas de desenho, pintura, moda e design. Fica em cartaz até 13/08/16. Na abertura ocorre apresentação do duo de voz e guitarra Diego Beirão e Mônica Thiele. A escola de arte e design, há 14 anos no bairro, ocupa uma casa dos anos 1920. Na nova sede, a proposta é de abrir espaço também para palestras, oficinas, saraus e encontros com artistas.
|
ABRA (Academia Brasileira de Arte) - São Paulo (SP)
Vila Mariana: r. Cubatão, 959, tels. (11) 3564-2695 / 2696. Seg. a qui., 8h30/21h30; sex., 8h30/20h; sáb., 8h30/14h. www.abra.com.br/vilamariana

Renata Huber apresenta resultado de residência no Ateliê Alê +

A artista Renata Huber apresenta em 25/06/16, das 11h às 20h, suas produções como resultado de residência artística no Ateliê Alê, em São Paulo. Na ocasião, às 17h, ocorre uma conversa com o filósofo Peter Pál Pelbart, professor titular de filosofia da PUC-SP.
|
Ateliê Alê
Santo Amaro: r. São Sebastião, 570, tel. (11) 2548-8508.
www.atelieale.com

Bamboolab discute a moradia contemporânea com grandes nomes da arquitetura +

Sob o tema “A Casa em Mutação”, a revista Bamboo realiza em 29/06/16, no Centro Britânico Brasileiro, a segunda edição do Bamboolab, um fórum de arquitetura e design que discutir as novas formas de morar. O evento conta com a participação de figuras-chave da cena arquitetônica nacional e inglesa, que refletem sobre os elementos que ainda caracterizam um lar, sobre como a tecnologia influência a criação de nossos espaços, como o estilo de vida define o desenho de uma casa e como novos padrões de moradia podem melhorar a mobilidade urbana. Entre os convidados destaca se a presença jovem inglesa Jane Hall, arquiteta do coletivo multidisciplinar inglês Assemble, vencedor do Prêmio Turner 2015. Os 20 membros, todos na faixa dos 30 anos, atuam nos campos da arte, arquitetura e design. Jane tem uma ligação especial com o Brasil, pois ganhou a Bolsa Lina Bo Bardi em 2013, que permite a arquitetos e designers ingleses conhecer de perto a obra da arquiteta. Participam também Marcio Kogan, Lourenço Gimenes, Vinicius Andrade e Luciano Andrades, mediados por Guilherme Wisnik. Os interessados devem se inscrever através do hot site: http://bamboolab.net.br/.

|
Mais informações: http://bamboolab.net.br/

Artistas discutem pesquisas na Casa Tomada +

A Casa Tomada promove entre junho e julho uma série de falas públicas como parte integrante do Ciclo de Pesquisas 2016, nas quais os participantes discursam abertamente sobre suas trajetórias e pesquisas atuais, promovendo um debate e troca direta entre o público presente na ocasião. O Ciclo de Pesquisas é uma plataforma de circulação, na qual artistas, curadores, críticos, antropólogos, arquitetos e outros pesquisadores podem compartilhar suas trajetórias e pesquisas em andamento em uma apresentação pública e informal. O objetivo é criar diálogos entre os participantes e o público, além de estimular cruzamentos entre as artes visuais e outras áreas do conhecimento. Os encontros têm entrada gratuita e as vagas são limitadas por ordem de chegada.
|
Programação:

09/06, às 20h | Lívia Aquino + Maíra Dietrich
23/06, às 20h | Daniel Barra + Renan Marcondes
07/07, às 20h | Glayson Arcanjo + Rubiane Maia
14/07, às 20h | Denise Agassi + Thiago Hersan
28/07, às 20h | Ícaro Lira + Luisa Puterman
|
Mais informações:
Casa Tomada:
Aclimação: r. Brás Cubas, 335, tel. (11) 2532-7455. www.casatomada.com.br

Johnny Depp coloca à venda sua coleção de nove Basquiats +

A Christie’s de Londres realiza nos dias 29 e 30/06/16 uma nova temporada do Leilão de arte do Pós-Guerra e Arte Contemporânea, com alguns lotes emocionantes à venda.

Um dos grandes destaques do leilão é uma selação de nove obras de Jean-Michel Basquiat da coleção do ator Johnny Depp. Johnny Depp, que está atualmente envolvido em alegações de abuso doméstico com sua ex-esposa Amber Heard, está leiloando as pinturas antes do divórcio ser realizado, embora a Christie’s diz que a venda tenha sido planejado desde o início deste ano.

"Nada pode substituir o calor e imediatismo da poesia de Basquiat, ou as perguntas e as verdades absoloutas em suas obras", escreveu Depp em um depoimento à imprensa."A música bela e perturbadora da sua pinturas, a cacofonia de seu silêncio que ataca nossos sentidos, vai viver muito além da nossa respiração ", acrescentou.

Uma outra pintura Basquiat, uma tela sem título, foi recentemente comprada por Yusaku Maezawa por 57 milhões de dólares, na Christie’s de Nova York, em maio deste ano, estabelecendo um novo recorde para o artista em leilão. O Basquiat de Depp, que é intitulado como “Carne de Porco” (1981), tem uma estimativa de pré-venda mais modesta de £ 2,500,000-3,500,000 ($ 3,600,000-5,000,000). Neste leilão de Pós-Guerra e Arte Contemporânea, a Christie’s esperar arrecadar um total £ 90 milhões ($ 129.726.000).
|
Com informações do site Artnet (https://news.artnet.com/)