destaques
conteúdo
publicidade
curtas

Galeria mineira inaugura espaço de experimentação no Centro de BH +

Inaugurada em 1978 pelos colecionadores paulistanos Feiz Bahmed e Maria Helena Bahmed, a dotArt Galeria inaugurou em 20/08/16 um filhote, a Casa Dotart, em parceria com a Revista Ernesto. Localizado na Rua São Paulo, 249, o espaço que ocupa o 11º andar de um edifício comercial no centro nervoso da capital mineira, abre as portas com exposições individuais de três artistas: do panamense Jhafis Quintero; e dos brasileiros Roberto Freitas e Alvaro Seixas.

Em 2017, a Casa Dotart se volta para residências artísticas. A ideia é que as oito salas sejam ocupadas por artistas de diversas nacionalidades e linguagens, ampliando as fronteiras da criação e da forma de pensar a arte. Após os trabalhos processuais e pesquisas no ateliê, as residências culminarão em exposições produzidas ali.
|
Mais informações:
Casa Dotart
Centro: Rua São Paulo, 249, 11º andar, tel. (31) 3261-3910. Visitas sob agendamento prévio. agendamentocasadotart@dotart.com.br | www.dotart.com.br

RS Contemporâneo exibe produção jovem gaúcha e tem novidades para 2017 +

Privilegiando a produção de artistas mulheres, a quinta edição do RS Contemporâneo chega a sua segunda etapa com exposições simultâneas das artistas Raquel Magalhães e Walesca Timmen. As mostras são inauguradas ao público nesta quarta-feira, 31/08/16, no Santander Cultural, em Porto Alegre.
O projeto RS Contemporâneo, criado pelo Santander Cultural, tem fomentado o circuito artístico gaúcho apresentando a produção de artistas de jovens artistas em exposições assinadas por curadores de fora do Estado, incentivando também o intercâmbio cultural.
No ano de 2017, o projeto vem renovado. O RS Contemporâneo se volta ao trabalho do jovem curador, reunindo nomes de jovens gaúchos que terão liberdade para apresentar suas pesquisas, temas e artistas.
Na primeira fase do projeto foram apresentadas as exposições “Aqui Tudo é Diferente”, de Lívia dos Santos com curadoria do cearense Carlos Eduardo Bitu Cassundé, e “Presença Sinistra”, de Letícia Lopes, sob curadoria de Marcelo Campos.
Sob curadoria da pernambucana Ana Maria Maia, a porto-alegrense Raquel Magalhães apresenta um conjunto de pinturas. Suas temáticas surgiram em buscas simples de imagens da internet e que levaram a conexões mais complexas. Natural de Rolande (RS), Walesca Timmen (foto) mostra trabalhos que exercitam o limite entre o movimento e a imobilidade por meio de vídeos e fotografias na exposição “Além do Corpo”, que tem curadoria do mineiro Amir Brito Cadôr
|
Mais informações:
Santander Cultural
Centro: r. Sete de Setembro, 1.028, tel. (51) 3287-5500. Ter. a sáb., 10h/19h; dom., 14h/19h. www.santandercultural.com.br

Feira de Arte Caeté ocorre no Empório Fotográfico (Cambuci - São Paulo / SP) +

O Coletivo Caeté (Luciano Ogura, Lucia Moretzsohn e Alessandra Bufe) realiza a 1ª Feira de Arte Caeté no Empório Fotográfico, um galpão de 250 m² no bairro Cambuci, em São Paulo (SP), nos dias 10 e 11/09/16, das 12h às 20h. São apresentados gravuras, pinturas, fotografias e cerâmicas. O evento conta ainda com espaço gastronômico (Cozinha Efêmera, de Silvia Corbucci) e música.
Os artistas participantes são: Alexandre Wagner Malosti, Ana Calzavara, Angela Leite Gravura, Caio Junqueira Franco, Carlos Borsa, Debora Censi, Julia Goeldi, Guilherme Kramer, Gustavo Luiz Salvatore, Marcello Vitorino, Masahiko Kato, Miguel Anselmo, Rogério Lupo, Sheila Oliveira, Simone Fonseca Bonan, Valdinei Calvento Junior e Yara Fukimoto.
|
1ª Feira de Arte Caeté
Empório Fotográfico | Cambuci: r. José Bento, 384.
www.feiracaete.com.br

Unesp realiza palestra sobre cerâmica e grafismos do Xingu +

A Universidade Estadual Paulista (Unesp) realiza em 31/08/16, das 10h às 12h, uma palestra sobre cerâmica e grafismos dos índios Asurini do Xingu, com a Drª. Profª. e antropóloga Regina Polo Müller.
|
Universidade Estadual Paulista - Unesp
Barra Funda: r. Dr. Bento Teobaldo Ferraz, 271, sala 409, estação Barra Funda do Metrô, tel. (11) 5627-7012.
www.ia.unesp.br

Ateliê397 realiza seminário A Formação de Valor na Arte Contemporânea (SP) +

O Ateliê397 realiza entre 27 e 31/08/16 o seminário “A Formação de Valor na Arte Contemporânea”, organizado por Tatiana Ferraz e Thais Rivitti, ciom programação de quatro mesas temáticas, compostas por dois interlocutores e um debatedor e a mediação das organizadoras. O evento propõe discorrer a noções de valor nas artes visuais e, em especial, como se atribui valor a uma obra hoje, como entender os mecanismos de valorização e precificação da arte, o papel as instituições e como os artistas se colocam diante deste cenário e das possibilidades de atuação do objeto artístico como mercadoria e patrimônio cultural. Confira a programação:
|
27/08/16, das 14h às 16h,
Mesa 1 : Arte: quem compra, o que compra e quanto paga?
Mediador:Thais Rivitti
Convidados: Pedro Barbosa
Elisio Yamada
Rubens Mano
Debatedor: Ana Leticia Fialho
-
Das 16h30 18h30
Mesa 2: O caráter “especial” da mercadoria arte
Mediador:Tatiana Ferraz
Convidados: Vera Pallamin
Vinicius Spricigo
Ilana Goldstein
Debatedor: Taisa Palhares

28/08/16, das 14h às 16h,
Mesa 3: As novas formas de agenciamento do trabalho de arte
Mediador: Thais Rivitti, Convidados: Julie Belfer
Renata Castro E Silva
Mariana Lorenzi
Debatedor: Celso Fioravante

31/08/16, das 20h às 22h -
Mesa 4 : O desafío do equilibrio no sistema da arte.
Mediador: Tatiana Ferraz
Convidados: Tadeu Chiarelli
Regina Pinho
Thais Rivitti
Debatedor: Fabio Cypriano
|
Mais informações:
Ateliê397
Vila Madalena: r. Wisard, 397, tel. (11) 3034-2132.
www.atelie397.com

Saiba quais são as exposições mais excitantes para se ver em Nova York +

Do Chelsea ao Lower East Side, os editores do Artnet, um dos mais importantes portais de artes visuais do mundo, selecionaram 20 exposições que vão dar o que falar em Nova York. Entre setembro e outubro, a cidade sedia exposições de artistas do cenário contemporâneo que se destacam pela emoção, estranheza ou excitação de suas produções. Entre eles, vale comentar a volta de Methew Barney que apresenta exposição comemorativa dos 25 anos de parceria com a galeria de Barbara Gladstone, e a exposição da dupla brasileira OsGemeos, na Lehmann Maupin, além de mostras de Bruce Neuman e Robert Polidori.

Confira a lista de artistas, exposições e galerias:
1. Lynda Benglis - “New Work”, na Cheim and Read
2. Rashid Johnson - “Fly Away”, na Hauser & Wirth
3. Victor Burgin - “Midwest”, na Cristin Tierney, e Victor Burgin - “UK76”, na Bridget Donahue
4. Meleko Mokgosi - “Lerato” e “Comrades II”, na Jack Shainman
5. Os Gêmeos - “Silence of the Music”, na Lehmann Maupin
6. Robert Polidori - “Ecophilia/Chronostasis”, na Paul Kasmin
7. Lorna Simpson, na Salon 94.
8. Matthew Barney - “Facility of DECLINE”, na Gladstone
9. Jonas Wood - “Portraits“, na Anton Kern
10. “Coming to Power: 25 Years of Sexually X-Plicit Art By Women”, na Maccarone
11. Molly Crabapple - “Annotated Muses”, na Postmasters
12. Bruce Nauman - “Contrapposto Studies, i through vii”, na Sperone Westwater
13. Zoe Leonard - “In the Wake” na Hauser & Wirth
14. Oscar Murillo - “through patches of corn, wheat and mud”, na David Zwirner
15. Walter Robinson - “A Retrospective”, na Jeffrey Deitch Projects
16. Sally Mann - “Remembered Light: Cy Twombly in Lexington”, na Gagosian
17. “Julie Mehretu”, na Marian Goodman
18. Elmgreen & Dragset, “Changing Subjects”, na The Flag Art Foundation
19. Cecily Brown - “Rehearsal,” and Gary Simmons, “Ghost Reels” no The Drawing Center
20. “Calder and Picasso” na Almine Rech
|
Fonte: www.news.artnet.com/

UnB sedia o III Colóquio de Teoria, Crítica e História da Arte de Brasília +

A Universidade de Brasília (UnB) sedia entre 09 e 11/11/16 o III Colóquio de Teoria, Crítica e História da Arte de Brasília, que tem como tema central a crítica de arte como história da arte. Voltado para estudantes, professores, artistas e profissionais do mercado de arte, o encontro conta com participação de importantes críticos, curadores e historiadores, como Tadeu Chiarelli, Luiz Camilo Osório, Paula Braga e Michael Asbury, entre outros. Entre as questões abordadas está o impacto dos padrões hegemônicos do mercado sobre a crítica e as relações entre os artistas e os críticos; e o surgimento de novos cursos de História da Arte nas universidades brasileiras. Os interessados em apresentar comunicações podem fazer inscrições até 09/09/16 pelo e-mail: 3coloquiotcha@gmail.com. Já as inscrições de ouvintes podem ser feitas até 07/11/16.
|
Mais informações:
www.3coloquiotcha.wixsite.com/3coloquiotcha/edital-e-inscricoes

Sesc Bom Retiro apresenta mostra de perfomances +

O Sesc Bom Retiro apresenta entre 03 e 29/09/16 a mostra “Per – Forma”, com uma série de performances que convidam à reflexão das fronteiras entre a experiência estética, a cultura e a identidade. Participam Beth da Matta, Carlos Mélo, Marcio Shima, Benedikt Wiertz, João Penoni, Alexandre D'Angeli, Dora Smék, Monica Siedler, Renan Marcondes, Luísa Nóbrega, Helena Aboimi , Julia Pombo, Pontogor, Rubiane Maia e Coletivo Filé de Peixe. Confira a programação:
|
03/09, das 19h às 20h - “Do Deleite: Trigo, Parmesão e Ervas”, com Beth da Matta.
06/09, das 14h às 20h - “Macunaíma”, com Carlos Mélo.
08/09, das 19h às 21h – “Avesso”, de Marcio Shima, e com Benedikt Wiertz e Marcio Shima.
10/09, das 19h às 20h – “Lúmen” com João Penoni.
13/09, das 19h às 21h – “Resíduos”, com Alexandre D'Angeli.
15/09, das 19h às 21h – “Transbordação”, de Dora Smék.
17/09, às 19h – “O Pior de Mim”, com Monica Siedler.
20/09, das 19h às 20h – “Manual Civilizador Para Um Peso Sem Nome”, com Renan Marcondes.
22/09, das 19h às 20h – “Ectoplasma”, com Luísa Nóbrega, Helena Aboimi e Julia Pombo.
24/09, das 19h às 21 – Pontogor
27/09, das 19h às 20h – “Caminho do Chá”, com Rubiane Maia.
29/09, das 14h às 18h – “Piratão”, com o Coletivo Filé de Peixe.
|
Mais informações:
Sesc Bom Retiro
Bom Retiro: al. Nothmann, 185, tel. (11) 3332-3600.
www.sescsp.org.br

Augusto Sampaio, Mauro Restiffe e outros brasileiros no exterior +

Augusto Sampaio é o único artista brasileiro selecionado para a exposição “Print Awards Exhibition: Northern Print 2016”, que acontece entre 16/9 e 29/10 em três locais de Newcastle Upon Tyne, na Inglaterra: Northern Print, Vane e Gallery North (Northumbria University). As mostras apresentam trabalhos de 31 artistas selecionados entre 780 inscritos. O júri foi formado por Christiane Baumgartner, David Cleaton-Roberts e Sune Nordgren.
|
Laura Lima, João Modé e Mauro Restiffe participam da Aichi Triennale – Rainbow Caravan, que acontece no Nagoya City Art Museum, no Japão, até 23/10. Curadoria de Masahiko Haito e Daniela Castro.
|
O fotógrafo Mauro Restiffe (Galeria Fortes Vilaça) foi selecionado para a Photo Biennale – Cities and Memory, em cartaz no Brandts Museum for Kunst & Visuel Kultur, em Odense, na Dinamarca, entre 26/8 e 31/1/2017.
|
O arquiteto e artista plástico Renato Hofer realiza a mostra individual “Polispherique”, entre 25/8 e 23/9, no Atelier Martel, em Paris. www.ateliermartel.com.
|


Laura Lima (A Gentil Carioca e Galeria Luisa Strina) participa da Busan Biennale 2016, em Busan, na Coréia, entre 3/9 e 30/11/16. Curadoria de Yun Cheagab. www.busanbiennale.org. A artista mineira radicada no Rio de Janeiro participa ainda da mostra coletiva “The Inverse”, no ICA Miami, nos EUA, até 30/10/16. www.icamiami.org
|



Assume Vivid Astro Focus (Casa Triângulo) realiza a mostra “Avalanches Volcanoes Asteroids Floods” no Museum of Contemporary Art Santa Barbara, nos EUA, até 01/01/2017. O grupo realiza ainda mostra individual no Sammlung Goetz, em Munique, na Alemanha, entre 9/7 e 3/12/16. Curadoria de Susanne Touw. Participa ainda das mostras coletivas “Manifesta 11”, curadoria de Manuel Scheiwiller, no Cabaret Voltaire, em Zurich, na Suíça, a partir de 29/7.
|
Pierre Verger é artista homenageado na “Bienal Sitelines 2016 – Much Wider Than a Line”, em Santa Fe, nos EUA, até 8/1/2017.
|
A artista Renata Cruz (Blau Projects) propõe, a partir de 20 de julho, uma interligação entre seus trabalhos da série Área de Soltura e a produção de Cristina Ataíde, que conta com um grande desenho em papel através da absorção de produtos químicos. A exposição acontece no Laboratório de Química Analítica do Museu Nacional de História Natural e da Ciência, em Lisboa, até 11/9.
|
A carioca Gisele Camargo (Luciana Caravello Galeria de Arte) participa da residência artística “Further on Air”, em Amangasett, no East Hampton (EUA). A residência foi idealizada por Christina Macdonald.
|
Nazareno (Luciana Caravello Galeria de Arte) participa da mostra coletiva “A Pele e a Espessura do Desenho”, na Casa Museu Guerra Junqueiro, no Porto, em Portugal, com curadoria de Maria de Fátima Lambert. A mostra de desenho faz parte de um projeto de itinerância iniciado em 2015, que já passou por Lisboa e pelo Sesc Ipiranga, em São Paulo. A terceira edição, que decorre atualmente no Porto, continua até o dia 4 de setembro.
|

O artista brasiliense Gê Orthof (Referência Galeria de Arte) figura na mostra coletiva “Behind the Sun: Prêmio Marcantônio Vilaça CNI Sesi Senai”, no Centro de Artes de Manchester, na Inglaterra, até 2/10/16.
|
A artista plástica cearense Luzia Simons (Galeria Nara Roesler), radicada há 40 anos na Alemanha, realiza as mostras individuais “Out of the Blue”, até 24/9, na Mikael Andersen Gallery, em Copenhague, na Dinamarca, www.mikaelandersen.com; e “Florale Welten – Geheimnivolle Garten”, até 10/9, na Galerie Schlichtenmaier, em Stuttgart, na Alemanha, , www.schlichtenmaier.de. A artista participa ainda das mostras coletivas: “Jardin” entre 01/04 e 02/11/16 no Centre d’Arts et de Nature de Domaine de Claumont-sur-Loire, na França, www.domaine-chaumont.fr/en; “Blutenpracht”, entre 11/9 e 8/1/2017, na Neue Galerie im Haus Beda, em Bilburg, na Alemanha, www.haus-beda.de; Schnittmengen Zeitgenossische Kunst und Die Uberlieferung, nos museus Museum für Asiatische Kunst, Staatliche Museen zu Berlin e Museen Dahlem, em Berlim, até 8/1/2017; “Stockage Vanitas Rerum”, no Archives Nationales, em Paris, até 18/9, www.archives-nationales.culture.gouv.fr; e “Flora Magica”, até 3/10, no Städtische Galerie Fähre, Altes Kloster, em Bad Saulgau, na Alemanha, www.bad-saulgau.de
|
Domaine de Saint-Véran é o nome da nova residência de artistas brasileiros em Vaison- la- Romaine, na Provence, na França. Totalmente restaurada para abrigar um novo espaço para arte contemporânea, “La Galerie” abre sua portas neste verão com o primeiro grupo de artistas convidados: Bruno Schmidt, Roberto Barciela, Heloisa Maia e Rosane Franco, com supervisão de Fréderíc Vinzia. Endereço: La Galerie, 28, Rues des Fours, Cité Médiévale, 84110 Vaison-La-Romaine, France.
|
O Centro Cultural Solar dos Condes de Vinhais, em Vinhais (Portugal), recebe de 6/7 a 14/9 a exposição individual da arte plástica luso-brasileira Fernanda Eva. São apresentadas 13 obras em acrílica sobre tela com a temática de azulejos portugueses e afins. São retratados animais, igrejas e pessoas da região. Como diz o curador Franchini : "na fase dos azulejos portugueses, que se seguiu a uma residência artística na cidade do Porto , Fernanda Eva começou a retratar com absoluta maturidade e domínio das técnicas os belos azulejos que ia captando nas suas visitas a cidade, misturando-os com visões dos sonhos e fantasias , que foi colhendo nos seus passeios alguns dos quais por Trás-os-Montes.".
|
Paulo Climachauska (Galeria Nara Roesler) realiza a mostra “A Pele e a Espessura do Desenho” na Casa Museu Guerra Junqueiro, na cidade do Porto, em Portugal, entre 8/7 e 4/9/16.
|
O Centro Português de Fotografia, da cidade do Porto, uma das mais importantes instituições da Europa e que detém um dos maiores acervos de toda Portugal, abre suas portas para receber entre 15/7 e 30/10 para receber a exposição “Only You”, do fotógrafo brasileiro Leonardo Kossoy, com curadoria do escultor e gravurista Emanoel Araujo (criador e diretor do Museu Afro Brasil). Kossoy já apresentou a mostra em São Paulo (Instituto Tomie Ohtake), Niterói (Palácio dos Correios) e no Rio de Janeiro (Centro Cultural Correios).
|
Dona de uma coleção que reúne grandes nomes da arte mundial, a Tate Modern, em Londres, exibe, na mostra “In The Studio”, uma parte dessa coleção que ocupará por tempo indeterminado o segundo andar do museu. Dentre os trabalhos selecionados para essa mostra estão duas fotos de Gaspar Gasparian: (Mediunico, c.1950) e (Triplice, 1958), que se encontram na terceira sala expositiva intitulada “Composing for the Camera Room”. A sala, dedicada a fotografia, conta com curadoria de Shoair Mavlian.
In the Studio busca investigar o elo entre a arte e a experiência individual, seja através da experiência do artista ou do espectador. A exposição é gratuita e permanente.
|
Lucia Koch está na mostra “Human Ecology”, na filial norte-americana da Galeria Nara Roesler, em Novan York, ao lado de Isaac Julien e Eduardo Navarro. A mostra fica em cartaz de 13/7 a 3/9/16.
|
Paulo Bruscky (Galeria Nara Roesler) participa da mostra “Space to Dream – Recent Art From South America”, em cartaz na Auckland Art Gallery, em Auckland, na Nova Zelândia, até 18/9. O artista também foi selecionado para a mostra coletiva Under the Same Sun: Art From Latin America Todaqy, em cartaz na South London Gallery, em Londres, no Reino Unido, até 4/9.
|
Sérgio Sister (Galeria Nara Roesler) participa da coletiva “International Series: Contemporary Artists From Brazil”, no Turchin Centre, em Boone (EUA), até 3/12.
|
O cyber-erotic artista Eduardo Kac protagoniza uma mostra individual no La Plaque Tournante, em Berlim (Alemanha), entre 14/9 e 17/11. O artista participa ainda das seguintes coletivas: “Osmoboxes”, na Waterfall Gallery, em Nova York (até 31/8); “Move 36 Suite”, no Victoria & Albert Museum, em Londres (até 30/9); “Möglichkeit Mensch”, no Zeppelin Museum, em Friedrichshafen (Alemanha, até 9/10); da Bienal de la Fundación ONCE, em Madri (Espanha, até 20/9); da mostra “Say It with Flowers”, entre 26/6 e 23/10, no Museum Schloss Moyland Foundation, em Bedburg-Hau, na Alemanha; da International Digital Art Biennial 2016, entre 3/6 e 4/9, em Montreal, no Canadá; e da mostra “Snacks”, entre 16/7 e 16/10, na Power Station of Art Shanghai, na China. Kac tem ainda uma individual na La Plaque Tournante, em Berlim, entre 14/9 e 17/11. www.ekac.org
|
Vik Muniz (Galeria Nara Roesler) é o primeiro artista contemporâneo a ganhar exposição no The Mauritshuis, em Haia, na Holanda, museu fundado por João Mauricio de Nassau e considerado um dos mais importantes museus do país. A mostra é a maior da série “Verso”, com cinco novos trabalhos feitos a partir de obras primas da coleção do museu: “A Menina om Brinco de Pérola”, de Vermeer, e “A Lição de Anatomia do Dr. Nicolaes Tulp”, de Rembrandt. A mostra fica em cartaz de 9/6/16 a 4/9/16. A maratona internacional de Vik Muniz inclui ainda participação na coletiva “International Series: Contemporary Artists From Brazil”, no Turchin Centre, em Boone (EUA), até 3/12; na Itália, e a participação no pavilhão brasileiro na 15ª Bienal de Arquitetura de Veneza (até 27/11).
|
Virgínia de Medeiros (Galeria Nara Roesler) foi selecionada para a mostra ”Behind the Sun – Pipa Prize”, que acontece na Manchester Metropolitan University, no Reino Unido, até setembro.
|
O fotógrafo mineiro Cao Guimarães (Galeria Nara Roesler) está na mostra “The Campaign for Art: Contemporary”, San Francisco MoMA, nos EUA, até 30/10.
|
Brigida Baltar (Galeria Nara Roesler) participa da coletiva “International Series: Contemporary Artists From Brazil”, no Turchin Centre, em Boone (EUA), até 3/12.
||
Alexandre da Cunha, Marcius Galan, Laura Lima, Jarbas Lopes, Antonio Manuel e Cildo Meireles, todos representados pela galeria paulistana Luisa Strina; José Bento e o grupo Opavivará (A Gentil Carioca, RJ); e Eduardo Coimbra, Lucia Koch e Marcos Chaves (Galeria Nara Roesler) participam da mostra “Brazil, Beleza?! Contemporary Brazilian Sculpture, que acontece no Museum Beelden aan Zee, em Haia, na Holanda, entre 25/5 e 2/10/16. www.beeldenaanzee.nl/engels/brasil-beleza
|
Marcius Galan e Anna Maria Maiolino, ambos da Galeria Luisa Strina, participakm da mostra “De lo Espiritual en el Arte”, coletiva com curadoria de María Iovino e Emiliano Valdés que acontece no Museo de Arte Moderno de Medellín, na Colômbia, até 11/9/16.
|
Oscar Satio Oiwa (Galeria Nara Roesler) está na Setouchi Triennale com o trabalho Oiwa Island 2. A mostra acontece no Shodoshima Tonosho Honmachi, em Setouchi, no Japão, entre 18/7 e 4/9.
|
Janaina Tschäpe (Galeria Fortes Vilaça) participa da coletiva “Nous - Sewing and Living”, no 21st Century Museum of Contemporary Art, em Kanazawa, no Japão, até 25/9/16.
|
Erika Verzutti, Rivane Neuenschwander e Tamar Guimarães (Galeria Fortes Vilaça) participam da mostra coletiva “Under the Same Sun: Art from Latin America Today”, na South London Gallery, curadoria de Pablo Léon de la Barra. A mostra fica em cartaz até 4/9/16.
|
A artista carioca Maria Nepomuceno (Galeria A Gentil Carioca) participa da mostra coletiva “Cosmic Tela!”, no Barbican Centre, de Londres, entre 25/5 e 23/9/16. www.barbican.org.uk/theatre/event-detail.asp
|
A Maison Européenne de la Photographie, em Paris, realiza entre 14/6 e 4/9/16 uma retrospectiva da carreira do fotógrafo francês Marcel Gautherot (1910-1996), onde ele nasceu. A mostra é uma produção do Instituto Moreira Salles, que realiza pela primeira vez fora do Brasil uam mostra do artista, que viveu a maior parte de sua vida no Brasil. “Marcel Gautherot – Brésil: Tradition, Invention” visa reintroduzir o fotógrafo em seu país, onde ele foi figura ativa nos anos 30, quando trabalhou no Musée de l’Homme e na agência fotográfica Alliance Foto, e apresentar um panorama completo de sua obra, que abrange a construção de Brasília e os usos e costumes do povo brasileiro, por meio de 250 trabalhos. A curadoria é de Samuel Titan Jr. e Sérgio Burgi. Gautherot viveu a maior parte de sua vida no Brasil e trabalhou com nomes fundamentais da cultura brasileira, como Rodrigo Melo Franco e Lucio Costa, no Serviço Nacional do Patrimônio (Sphan); Edison Carneiro, na Comissão Nacional de Folclore; Oscar Niemeyer, fotografando os principais projetos do arquiteto, incluindo a construção de Brasília; e Roberto Burle Marx, documentando seus projetos de paisagismo mais importantes. Adquirida pelo Instituto Moreira Salles em 1999, a obra completa de Marcel Gautherot compõe-se de cerca de 25 mil imagens, que abrangem muitos temas (o folclore brasileiro, a arquitetura moderna e barroca, a natureza do país e sua paisagem humana), situando Gautherot entre os nomes fundamentais da fotografia brasileira no século XX.
|
O Musée International d’Art Naïf Anatole Jakovsky, em Nice, na França, realiza de 10/6/16 a 3/10/16, em parceria com a Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, a mostra “Fantaisies Bresiliennes”, com obras de cerca de 50 artistas naïf brasileiros. A exposição reúne obras datadas desde os anos 1940. A curadoria é de Anne Stilz, diretora do museu francês, em parceria com o galerista Jacques Ardies, de São Paulo (SP). Na ocasião, será lançado o livro “L´Art Naïf du Brésil”, de Ardies. A arte naïf, também chamada de arte ingênua ou espontânea, surgiu na França, no período da Segunda Guerra, apresentando a criatividade de gente do povo. A arte naïf brasileira explora as paisagens rurais, litorâneas e urbanas, os costumes populares, a religião e o futebol, entre outros temas. Musée International d’Art Naïf Anatole Jakovsky, Château Ste. Hélène, 23, avenue de Fabron, Nice, França.
|
O artista brasileiro radicado em Barcelona Marlon de Azambuja (Galeria Marília Razuk) realiza a mostra individual “Herencia”, no Museo Patio Herreriano, em Valladolid, na Espanha, entre 4/6/16 e 8/1/2017. museopatioherreriano.org.No Centro Del Carmen, em Valência, também na Espanha, Azambuja participa da mostra coletiva “Vanidades, Intelecto y Espiritualidad, uma curadoria de Javier Martin que fica em cartaz na cidade entre 9/6 e 25/9/16. consorciomuseos.gva.es.
|
A artista plástica Debora Muszkat vai integrar o projeto de arte contemporânea Global Village 2016 com sua obra “Waterfall”, criada com resíduos de vidros industrializados. O evento acontece de maio a setembro e passa por Holanda (Koog ad Zaan, de 20/5 a 30/5), Alemanha (Ladshut, de 25/6 a 4/7) e Dinamarca (Brandy Strand, de 20/8 a 19/9). O projeto Global Village integra o Instituto White Cube e foi criado em 2009 pelo artista e curador holandês Jeroen van Paassen com o objetivo de integrar artistas expoentes de várias partes do mundo, apresentá-los em diferentes paises e investir na interação deles com o público.
|
O Instituto Moreira Salles leva ao Japão uma exposição com cerca de 400 obras do fotógrafo japonês radicado no Brasil Haruo Ohara. Será exibido também um conjunto com 39 objetos, documentos, ferramentas, álbuns e algumas fotografias originais, com curadoria de Sergio Burgi. Imigrante, lavrador e fotógrafo, Haruo nasceu em Kochi, em 1909. Veio para o Brasil aos 17 anos, com seus pais e irmãos, e cultivou a terra com dedicação e arte ao longo de boa parte de sua vida, ao mesmo tempo que fotografava seu cotidiano e o de seus familiares. A exposição fica em sua cidade natal até 12 de junho. Em seguida, vai para mais duas cidades, Itami (de 18/6 a 18/7) e Kiyosato (de 22/10 a 4/12).
|
O paraense radicado em Londres Tonico Lemos Auad (Galeria Luisa Strina) participa da mostra coletiva “Herar o Vento: Novas Perspectivas sobre o Patrimônio”, coletiva na Fundação Eugénio de Almeida, em Évora (Portugal), de 14/5 a 4/9/16.
|
O paulistano radicado em Londres Alexandre da Cunha (Galeria Luisa Strina) figura na mostra coletiva “Making & Unmaking”, com curadoria de Duro Olowu, que acontece no Camden Arts Centre, em Londres, entre 19/7 e 18/9.
|
A carioca Fernanda Gomes (Galeria Luisa Strina) se apresenta na coletiva “Accrochage”, na Punta della Dogana, em Veneza, entre 17/4 e 20/11/16. Com curadoria de Caroline Bourgeois, a mostra reúne cerca de setenta obras que não foram expostas desde que se tornaram parte da coleção Pinault e mais de dois terços dos artistas nunca foram mostrados em uma exposição da coleção. Especificamente concebida para Punta della Dogana, a mostra vai ocupar todo o espaço expositivo do museu.
|
A carioca Beatriz Milhazes (Galeria Fortes Vilaça) criou uma nova série de esculturas para as mostras “Using Walls, Floors, and Ceilings”, que apresentará no lobby do Jewish Museum, em Nova Yor, entre 6/5 e 18/9/16. A instalação é inspirada no Carnaval brasileiro, de onde pegou os materiais necessários para a sua realização. A mostra foi organizada pela curadora assistente Kelly Taxter e pelo diretor Jens Hoffmann.
|
A carioca Maria Nepomuceno (Blau Projects) participa da mostra coletiva “Space to Dream: Recent Art from South America”, na Auckland Art Gallery, em Auckland, na Nova Zelandia, entre 7/5 e 18/9/16. www.aucklandartgallery.com
|
O Museu Nacional de Arte Moderna e Contemporânea da Coreia do Sul (MMCA) recebe Igor Vidor (Luciana Caravello Galeria de Arte; RJ) em seu International Artist Fellowship Program 2016. O artista carioca foi contemplado para o programa, através de indicação do MAR (Museu de Arte do Rio) e acontece entre 28/9 e 14/12.
|
O Kunsten Museum of Modern Art, em Aalborg, na Dinamarca, recebe entre 21/4 e 23/10/16, a exposição individual “Rui Ni – Voices of the Forest”, do artista carioca Ernesto Neto (Galeria Fortes Vilaça). A mostra faz parte de uma série de mostras em que o museu solicita aos artistas que usem a arquitetura do prédio, criada pelo gênio Alvar Aalto. Neto criará no museu sua maior instalação já exibida na Dinamarca e, assim como Aalto, se inspira nas curvas e formas da natureza. Neto realiza ainda a mostra “Boa Jiboia”, no Museum of Contemporary Art KIASMA, em Helsinki, na Finlândia, até 4/9. Ernesto Neto participa ainda da mostra coletiva “Space to Dream”, na Auckland Art Gallery, em Auckland, na Nova Zelândia, até 18/9/16. Curadoria de Beatriz Bustos Oyanedel e Zara Stanhope.
|
A dupla de artistas OsGêmeos (Galeria Fortes Vilaça), formada pelos paulistanos Gustavo e Otávio Pandolfo, inaugura em 20/4 um novo programa do Hangar Bicocca, em Milão (Itália): “Outside the Cube”. O grafite de grandes dimensões “Efêmero” ficará em caratz até abril de 2017. A curadoria do programa é de Cedar Lewisohn.
|
Até 26/9/16, o The Olympic Museum, em Lausanne, na Suíça, realiza a mostra “Body and Culture Rio”, com obras de sete artistas brasileiros, entre eles Maria Nepomuceno, Adriana Varejão e Marcos Cardoso.

Masp assina comodato de coleção de arte pré-colombiana +

Cerca de 900 obras de arte pré-colombiana passam a fazer parte do acervo do MASP pelos próximos 10 anos. No último mês, o Museu de Arte de Arte de São Paulo, sob a tutela de Adriano Pedrosa, assinou comodato da coleção Coleção Edith e Oscar Landmann, um das mais importantes coleções privadas sobre a produção povos que habitaram parte do território que hoje constitui a América do Sul, como Peru, Colômbia e Brasil (Marajó, PA), cobrindo um arco temporal de quase 2.500 anos, desde 1000 a.C. até a conquista europeia, na metade do século 16.
Adriano Pedrosa, diretor artístico do museu, destaca: “Estamos trazendo para a exposição na pinacoteca do MASP quatro extraordinárias peças da cultura marajoara (séculos 4-14) da coleção. Assim teremos uma presença brasileira logo no início da mostra no segundo andar, o “Acervo em transformação”, que está organizada cronologicamente, e antes era dominado quase que exclusivamente por obras europeias, pelo menos até o século 19. Até 2018, o MASP deverá realizar uma exposição centrada na coleção, bem como publicar um catálogo com todas as obras que a integram.
Intitulada Coleção MASP Landmann, o conjunto possui exemplares de cerâmica, tecidos e metais das principais culturas, destacam-se: Chavin, Chimu, Huari, Moche, Nazca, Paracas, Recuay, Tiahuanaco, Vicus, Viru, Chancay, Inca, Quimbaya, Tairona, Sinu, Calima e Marajó.
O arqueólogo e pesquisador peruano Walter Alva será o curador honorário da coleção; enquanto a contratação de um curador-adjunto de arte pré-colombiana está prevista ainda para este ano. Alva é diretor do Museo Tumbas Reales de Sipán, responsável pela descoberta das tumbas dos reis Moche – “El Señor de Sipán” e “El viejo Señor de Sipán” – ao norte do Peru, considerada uma das principais descobertas arqueológicas do século 20.
|
Mais informações:
MASP – Museu de Arte de São Paulo
Cerqueira César: av. Paulista, 1.578, tel. 3251-5644. www.masp.art.br

Projeto Iscream ocupa edifício comercial na região da Avenida paulista +

O décimo sexto andar do um edifício comercial na região da Avenida Paulista sedia, entre 21/08 e 11/09/16, mais uma ocupação do projeto Iscream, que já levou criações de jovens artistas para uma fábrica abandonada no Glicério; uma antiga clínica de reabilitação, na Vila Clementino; e um casarão no bairro de Higienópolis.
Intitulada “Corporação”, a mostra reúne vídeo, escultura, fotografia, performance, pintura, desenho, gravura, objetos e instalação de 23 artistas, que depois de cerca de 30 dias em residência, exibem resultados relacionados com o significado do lugar.
A ocupação contou com participações e provocações de interlocutores convidados. Entre eles, Ananda Carvalho, Geórgia Kyriakakis e João C. Além da orientação e acompanhamento de projetos para exposição do crítico de arte, curador e coordenador do curso de Artes Visuais da FAAP, prof. Marcos Moraes.
Participam os artistas: Alexandre Baptista, Beatriz Chachamovits, Carlota Mason, Carlos Medina, Caroline Kielmanowicz, Clara Gueller Benfatti, Cleo döbberthin, Daniela Avelar, Fernanda Papa De Boer, Jorge Feitosa, Luccas Iatauro, Luiz Queiroz, Luiz Prieto, Luiz Martins, Maria Fernanda Filardi Ferreira, Marina Saleme Hachem, Maristela Cabello, Paula Pimenta, Pedro Wagner, Rafael Menôva, Sophia Viesi, Vic Castelli e Yasmim Flores.

|
Mais informações:
Projeto IsCream
Cerqueira Cesar: r. Bela Cintra, 746, 16º andar. projetoiscream@gmail.com

Inhotim completa 10 anos com homenagens a Tunga e nova coletiva de acervo +

O artista pernambucano, morto em junho deste ano, aos 64 anos, o único a ter duas galerias em Inhotim é o centro das comemorações dos 10 anos do Instituto. A programação especial começa em 03/09/16, com uma visita noturna a instalação “True Rouge”, criada por Tunga em 1990. “True Rouge”, primeiro dos 23 pavilhões que existem atualmente em Inhotim, é composta por frascos de vidro dispostos entre cordas e tecidos são cobertos por um líquido vermelho que se espalha pelo chão. 'A água dos frascos evapora, e fica apenas o resíduo vermelho, como uma mácula. Esse evaporar era uma metáfora do tempo', afirmou Tunga. O pavilhão sedia em 08/09/16, às 19h, a performance “True Rouge”, coordenada pela coreógrafa Lia Rodrigues, em que homens e mulheres nus vão espalhar gelatina vermelha pelos corpos e pela própria obra. Antes disso, às 17h, ao lado da obra “Deleite”, de 1999, ocorre leitura das narrativas de Tunga, histórias que nortearam suas obras, contadas por monitores de Inhotim. Na mesma noite, das 20h às 22h, o restaurante Tamboril serve um menu temático de tons vermelhos. No dia seguinte, 09/09/16, na Galeria Psicoativa, é apresentada a performance “Make-up Coincidence”, na qual um casal nu vai maquiar as esculturas da instalação “A prole do bebê” (2002).
Além das homenagens a Tunga, o Centro de Arte também inaugura a exposição “Por Aqui Tudo é Novo ...”, coletiva com obras de 29 artistas nas Galerias Mata e Lago, articulando trabalhos de diferentes momentos do Inhotim e criando novas leituras sobre o acervo.
Além das exposições, shows e concertos marcam as comemorações. Em 09/09/16, No dia 03/09/16, pela primeira vez, o Inhotim fica aberto ao público para visitação noturna, com o projeto “Noite Aberta”. A edição inaugural conta com show, às 18h30, da cantora Fernanda Takai para gravar o DVD de seu mais recente disco solo, “Na medida do impossível” (R$ 60 e dá direito a visitar o parque durante o dia).
Em 10/09/16, ‘as 15h, é a vez de Marisa Monte canções representativas de sua carreira (R$ 150 e dá direito a vistar o parque). Em 11/09/16, ás 11h, a Orquestra Sinfônica de Minas Gerais faz apresentação de nove peças.

Ao completar 10 anos de atividades, o Inhotim se firma como um dos mais importantes e belos espaços de apreciação da arte no mundo. São 700 obras de relevantes nomes da arte internacional em exibição, selecionadas entre um acervo de 1.300 peças, apresentadas em 23 pavilhões espalhados por 140 hectares jardins e mata nativa. Nestes 10 anos, cerca de 2,5 milhões de pessoas já visitaram o Inhotim.
|
Mais informações:
Instituto Inhotim
Inhotim: r. B, 20, acesso pelo km 500 da BR-381 ou pela BR-040, sentido BH-Rio, tel. (31) 3571-6638. Ter. a sex., 9h30/16h30; sáb. e dom., 9h30/17h30. Ingr.: R$ 40 (sex., sáb. e dom.) e R$ 25 (ter. e qui.). Entrada franca às quartas-feiras para o público em geral. Transporte Saritur: saída da Rodoviária de Belo Horizonte às 9h (plataforma F2) e retorno às 17h30, aos sábados, domingos e feriados e, às 16h de terça a sexta-feira. www.inhotim.org.br

Museu de Arte Sacra de São Paulo promove curso sobre esculturas sacras baianas +

O Museu de Arte Sacra de São Paulo promove entre 24 e 25/09/16, das 09h às 17h, o curso livre "A Escultura Sacra Católica Baiana", com a Profªa. Cláudia Guanais. O objetivo do curso é divulgar a policromia da escultura sacra católica baiana, mostrando os diversos repertórios utilizados pelos artistas ao longo dos séculos XVIII, XIX e XX; além das características das escolas regionais e de cada período. Investimento de R$ 280 à vista ou R$ 320 parcelado em até 03 vezes. Inscrições pelo e-mail mfatima@museuartesacra.org.br ;
|
Mais informações:
Museu de Arte Sacra de São Paulo
Luz: av. Tiradentes, 676, estação Tiradentes do Metrô, tel. (11) 3326-3336. Estacionamento pago à r. Jorge Miranda, 43.
www.museuartesacra.org.br

Bienal promove curso gratuito com Laís Myrrha +

O Itaú Cultural e a 32ª Bienal recebem, até 02/09/16, inscrições para um workshop gratuito com a artista selecionada na Bienal, Lais Myrrha. Os encontros ocorrem entre 15 a 17/09/16, sendo os dois primeiros no Itaú Cultural e o último no ambiente da 32ª Bienal. Todas as aulas terão interpretação em Libras. As inscrições devem ser feitas pelo site www.itaucultural.org.br
Lais vai ensinar os alunos a fazer um sketchbook, ou caderneta de anotação artística, e discutir com eles as relações entre o fazer artes visuais e arquitetura. Tudo com base no projeto que ela produziu especialmente para a 32º Bienal de São Paulo – Incerteza Viva.

|
Itaú Cultural
Cerqueira César: av. Paulista, 149, estação Brigadeiro do Metrô, tels. (11) 2168-1700.
www.itaucultural.org.br.

Fundação Bienal
Parque do Ibirapuera: av. Pedro Álvares Cabral, s/n°, portão 3, tel. (11) 5576-7600. www.bienal.org.br

Brasília recebe a primeira edição do festival Foto Capital +

A cidade de Brasília recebe entre 01 e 04/09/16 a primeira edição do festival Foto Capital, evento dedicado a fotografia como linguagem, poesia e arte, em diferentes locais. A programação do projeto conta com leituras de portfólio, exposições, workshops, oficinas e encontros com fotógrafos, curadores, produtores culturais e críticos brasileiros, como Alexandre Belém, Carlos Carvalho, Diógenes Moura, Eugênio Sávio, Iatã Cannabrava, Kazuo Okubo, Milton Guran, Nair Benedicto, Renata Azambuja, Rosely Nakagawa, Tiago Santana e Wagner Barja. Ao final do evento, serão anunciados os três melhores portfólios apresentados durante as sessões de leituras, que serão premiados com uma exposição no Museu Nacional da República, em 2017. E no encerramento acontece também a terceira edição do Foto Escambo em Brasília, no Auditório do Museu Nacional da República. Os interessados podem inscrever para as leituras de portfólio e oficinas gratuitamente e as vagas são limitadas, através do site www.fotocapital.net. Confira a programação:
|
Leituras de Portfólio
01 e 02/09/16, das 16 h às 20 h
Galeria A Casa da Luz Vermelha
-
Oficinas de Fotografia (8 horas/aula)
0 2 e 03/09/16, das 09h às 13h
Centro Universitário IESB, Campus Sul
Inscrições gratuitas pelo site do evento: www.fotocapital.net
-
Mesa-redonda Fotografia contemporânea no Brasil – Perspectivas e possibilidades
04/09, das 16h às 17h30
Auditório do Museu Nacional da República
Livre para todos os públicos.
-
04/09/16, das 17h30 às 19h
Foto Escambo
Auditório do Museu Nacional da República
Livre para todos os públicos.
|
Mais informações:
Foto Capital
Galeria A Casa da Luz Vermelha
ASBAC: SCES Trecho 2, Conjunto 31.

Centro Universitário IESB, Campus Sul
Asa Sul: SGAS Quadra 613/614.

Museu Nacional da República
Setor Cultural Sul, lote 2, próximo à Rodoviária do Plano Piloto - Zona 0.
Brasília - DF.
|
www.fotocapital.net
Telefone: (61) 3878-9100

Galeria Kow de Berlim exibe seu casting em São Paulo no período da Bienal +

Uma das galerias mais bonitas de Berlim alugou uma pequena casa no bairro dos jardins para exibir quatro de seus artistas representados. O espaço situado na travessa Estrela Granada (casa 1), entre as ruas Oscar Freire e a Barão de Capanema, vai abrigar de 31/8 a 01/10/16, a exposição "Brasix Muamba" que se inspira na canção homônima lançada por Rita Lee em 1988 para mostrar criações de Alice Creischer, Chto Delat, Barbara Hammer e Franz Erhard Walther, sob curadoria de Ada Maria Hennel.

Ao invés de se contentar estreitamente sobre um tema coerente, esta exposição experimental amplia as perspectivas e posições e abrange além dos limites de paradigmas conceituais e regionais. Esta estratégia permite que temas específicos, tais como pós-colonialismo, “queerness" e gentrificação sejam destacados momentaneamente através de correspondências entre as obras que, por exemplo, trabalham com linguagem, ou imagens em movimento; ou obras que discutem a questão de espaço; ou trabalhos que utilizam o design de banners, convidando o espectador e engajar-se de forma didática.

A Kow Gallery, de Alexander Koch e Nikolaus Oberhuber, foi inaugurada em 2008, e logo se mudou para um prédio criado pelo badalado arquiqueto Arno Brandlhuber, ganhando destaque no cenário artístico da cidade. A galeria representa artistas internacionais de diferentes gerações, origens culturais, e abordagens para a mídia, que compartilham o compromisso com a realidade social de responder a desafios políticos com consciência estética. Artistas como Franz Erhard Walther (b. 1939, alemão), Barbara Hammer (b. 1939, americano), Alice Creischer (b. 1960, alemão), Tobias Zielony (b. 1973, alemão), Renzo Martens (b 1973. , holandês), Michael E. Smith (b., 1977, Americano), e Chto Delat (fundada 2003, russo) são alguns dos representados pela Kow.
|
Mais informações:
Brasix Muamba
Jardins: Tv. Estrela Granada, casa 1.

Feira Tijuana conecta Brasil e Portugal com edição em Porto +

A Feira de Arte Impressa Tijuana cruza o atlântico em sua primeira edição fora da America Latina e ocupa, entre os dias 08 e 09/10/16, o Circulo Católico de Operários da cidade do Porto, em Portugal.
As inscrições para os participantes (editores independentes, artistas que se auto-publicam, micro-editoras, artistas com suportes impressos) para a Tijuana Porto estão abertas até o dia 28/08/16. Após o período de inscrição e seleção a lista final será divulgada, assim como a programação de conversas e workshops que decorrerá paralelamente à feira.
Idealizada pela Galeria Vermelho a Feira Tijuana de Arte Impressa, teve a sua primeira edição em 2009, a partir de uma parceria com o Centre National de L’Édition et de L’Art Imprimé (CNEAI, França). Desde então, acontece anualmente e a cada edição intensifica a sua investigação de editores e artistas latino-americanos. Após três edições fora de casa, em Buenos Aires (Argentina) em Lima (Peru), e no Rio de Jeneiro (Brasil), a Feira Tijuana chega a Europa. Com entrada gratuita ao público, a Feira Tijuana conta com a participação de editoras, coletivos e artistas nacionais e internacionais.
|
Mais informações: http://www.galeriavermelho.com.br

Festival Videobrasil anuncia corpo curatorial da 20ª edição +

A Associação Cultural Videobrasil e o Sesc São Paulo anunciaram nesta semana o time curatorial que será responsável pela seleção de artistas para a 20ª edição do Festival de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil. Os brasileiros Ana Pato, Beatriz Lemos, Diego Matos e o português João Laia, ao lado da curadora geral Solange Farkas, já estão preparando a convocatória pública que permite que artistas de países que estão fora do eixo hegemónico da arte contemporânea se inscrevam gratuitamente para participar nas exposições e na programação do Festival. As inscrições serão abertas de setembro a novembro de 2016 e anunciadas em breve, junto com as novidades desta 20ª edição.

InterFoto Itu 2016 chega a sua 2ª edição no interior de São Paulo +

A segunda edição do festival InterFoto Itu 2016, que acontece entre 17 e 21/08/16, na Fábrica São Luiz, em Itu no interior de São Paulo. O evento tem como principal objetivo discutir os principais desafios sobre fotografia, expandir o diálogo sobre o tema na região e preservar história da fotografia nacional. Isso porque no surgimento da arte no país passou pela cidade, em 1825, quando o pintor franco-brasileiro e inventor Antoine Hercule Romuald Florence (1804-1879) foi contratado como ilustrador topográfico e explorador pelo interior do país, ao lado do artista alemão Johann Moritz Rugendas (1802-1858) e o francês Adrien Taunay (1803-1828). Nesta expedição, Hercule Florence buscou uma fórmula química capaz de fixar a imagem da câmara obscura. O evento ainda conta com exposição de fotógrafos selecionados por convocatória, palestras e oficinas, happy hour com fotógrafos e saídas fotográficas. Entre os destaques ocorre um encontro com o fotógrafo premiado e cinegrafista João Paulo Krajewski.
|
Mais informações
InterFoto Itu 2016
Fábrica São Luiz
Centro: r. Paula Souza, 492 - Itu – SP.
www.interfotoitu.com.br

38 galerias participam da Art Weekend (São Paulo / SP) +

Na semana que precede a abertura da Bienal de São Paulo, entre os dias 02 e 04/09/16, 38 galerias paulistanas participam da edição de estreia do Art Weekend São Paulo. Durante todo o final de semana, as galerias estendem os horários de funcionamento e promovem intensa programação de aberturas de exposições, coquetéis, visitas guiadas, conversas com artistas e curadores e mesas-redondas. Os circuitos podem ser percorrido a pé ou por meio das vans gratuitas, com percurso pré-determinado passando em pontos de embarque e desembarque próximos às galerias. Na sexta-feira, os espaços funcionam até 22h. No sábado e domingo, ficam abertos das 12h às 20h, quando as vans circulam para facilitar a visitação.

|

Circuitos / galerias

- Centro / Barra Funda:
Boatos Fine Arts, Galeria Fortes Vilaça, Galeria Jaqueline Martins, Sé e Vermelho.

- Itaim:
Andrea Rehder Arte Contemporânea, Carbono Galeria, Choque Cultural, Fólio, Galeria Luciana Brito, Galeria Lume, Galeria Marilia Razuk, Galeria Mario Cohen e Galeria Nara Roesler.

- Jardins:
Galeria de Arte Almeida e Dale, ArtEEdições, Baró Galeria, Galeria Bergamin & Gomide, Casa Nova Arte, Casa Triângulo, DAN Galeria, Frente, Galeria Luisa Strina, Galeria Marcelo Guarnieri, Mendes Wood DM, Paulo Kuczynski Escritório de Arte, Galeria Rabieh e Zipper Galeria.

- Pinheiros / Vila Madalena:
Bolsa de Arte de Porto Alegre, Blau Projects, Central, Choque Cultural, Galeria Eduardo Fernandes, Galeria Fortes Vilaça, Galeria Leme, Galeria Mezanino, Galeria Millan e Galeria Raquel Artaud.

|

Art Weekend São Paulo – www.artweekend.com.br
Dia 02/09/16, sexta-feira, das 17h às 22h
Dias 03 e 04/09/16, sábado e domingo, das 12h às 20h - Circulação de vans gratuitas sujeitas a disponibilidade.

Marcos Abranches apresenta performance inspirada na vida de Francis Bacon +

O Sesc Consolação apresenta na quinta e na sexta, dias 18 e 19/08/16, às 20h, o espetáculo “Corpo Sobre Tela”, do dançarino e coreógrafo Marcos Abranches. O espetáculo, inspirado na vida do artísta irlandês Francis Bacon (1909-1992) utiliza elementos da dança, da performance e das artes plásticas. Abranches une movimentos ensaiados a reflexos aleatórios - ele é portador de coreoatetose, estado patológico que resulta em movimentos involuntários. Ingressos a R$ 20,00.
|
Mais informações:
Sesc Consolação
Vila Buarque: R. Dr. Vila Nova, 245, Centro, tel. 3234-3000. www.sescsp.org.br

20º Festival de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil anuncia curadores convidados +

A Associação Cultural Videobrasil e o Sesc São Paulo anunciam os curadores convidados da 20ª edição do Festival de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil, que acontecerá em 2017, em São Paulo. Os curadores brasileiros são Ana Pato, Beatriz Lemos, Diego Matos e o português João Laia, responsáveis pela seleção de artistas dessa edição ao lado de Solange Farkas, curadora geral do Festival. A comissão já começou a trabalhar, preparando a convocatória pública que permite que artistas de países que estão fora do eixo hegemônico da arte contemporânea se inscrevam gratuitamente para participar da programação. As inscrições podem ser feitas entre setembro e novembro.

Curadora-Geral
Solange Farkas é curadora e diretora da Associação Cultural Videobrasil, além de fundadora do Festival de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil, em 1983. Foi diretora e curadora-chefe do Museu de Arte Moderna da Bahia entre 2007 e 2010. Como curadora convidada, participou da 10ª Bienal de Charjah (Emirados Árabes Unidos, 2011), 16ª Bienal de Cerveira (Portugal, 2011), 5ª Videozone – International Video Art Biennial (Israel, 2010), FUSO – Mostra Anual de Videoarte (Portugal, 2011 e 2013) e 6º Festival Internacional de Vídeo de Jacarta (Indonésia, 2013).

Curadores Convidados
Ana Pato é curadora e pesquisadora. Doutoranda da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU-USP), foi curadora-chefe da 3ª Bienal da Bahia (2014) e diretora de projetos da Associação Cultural Videobrasil (2000-2012). É autora do livro Literatura Expandida: arquivo e citação na obra de Dominique Gonzalez-Foerster (2012).

Beatriz Lemos é curadora especializada em artes e redes digitais. Mestra em História Social da Cultura pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ), edita o selo de publicações Sismos Editoria e é idealizadora da plataforma online Lastro. Desde setembro de 2015 integra o programa Curador Visitante da Escola de Artes Visuais do Parque Lage.

Diego Matos é pesquisador, professor e curador. É mestre e doutor pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU-USP). Foi assistente de curadoria da 29ª Bienal de São Paulo (2010) e curador assistente do 18º Festival de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil (2013). Entre 2014 e 2016 coordenou o Núcleo de Arquivo e Pesquisa da Associação Cultural Vidoebrasil.

João Laia é escritor e curador. Realizou curadorias para instituições como Moderna Museet, Estocolmo; Museu Nacional de Arte Contemporânea do Chiado, Lisboa; Videoex, Zurique; Delfina Foundation e Whitechapel Gallery, ambas em Londres; e Parque Lage, Rio de Janeiro. Contribui para veículos internacionais como Frieze, Mousse, Flash Art, Terremoto e Público.

Espaço Cultural Porto Seguro promove cursos sobre tecnologia e fotografia +

O Espaço Cultural Porto Seguro promove em agosto cursos, oficinas e diversas práticas relacionadas à tecnologia e à fotografia, com foco na exposição “Prêmio Brasil Fotografia 2015”, em cartaz até 14/08/16. O objetivo é despertar o interesse pelo universo da fotografia e proporcionar ao público em geral uma experiência estética completa. Confira a programação:
|
PortoFabLab – Open Day
Sextas-feiras, das 10h às 12h e das 14h às 18h.
Laboratório destinado à prática da arte que possui um conjunto de máquinas de comando numérico que permitem a materialização de modelos digitais em duas ou três dimensões. O laboratório está aberto para que o visitante possa materializar o seu próprio projeto, utilizando para isso equipamentos digitais de extrema precisão. Os projetos podem ser enviados previamente pelo e-mail portofablab@espacoculturalportoseguro.com.br. Grátis.
-
Palestra com Evandro Carlos Jardim
23/08, às 19h.
Gravador, desenhista e pintor, Evandro Carlos Jardim tem duas consagradas trajetórias no universo da gravura, como artista singular que desenvolve uma poética e como educador em importantes núcleos de artes gráficas.
Vagas: 25 lugares. Grátis.
-
Ateliê aberto
05, 12, 19 e 26/08 - Gravura em metal
Sextas-feiras, das 10h às 13h e das 14h às 17h.
Ateliê Experimental convida estudantes, artistas, interessados em gravura em metal a compor este espaço.
Vagas: 10 lugares. Grátis.
-
Gravura em relevo
06, 13, 20 e 27/08. Sábados, das 10h às 13h e das 14h às 17h.
Embora seja a forma mais antiga de gravura, o ateliê experimental disponibiliza os recursos necessários para a produção destes trabalhos.
Vagas: 10 lugares. Grátis
-
Vivências
Pincel Azul: Cianótipo
De 03 a 13/08. Quartas e sextas-feiras, às 12h e 17h30.
A partir de fotolitos disponíveis no ateliê, o visitante terá a oportunidade de experimentar o processo de revelação de imagens em cianótipo, técnica muito usada no século XIX.
Vagas: 10 lugares. Ingressos: R$ 20 e R$ 10 (meia).
-
Oficinas
FabLat Kids
06, 13, 20 e 27/08. Sábados das 14h às 16h30.
Ministradas por Alex Garcia e pela rede FabLat Kids, em parceria com o PortoFabLab, as oficinas apresentam conteúdo complementar às temáticas escolares e promovem a expressividade artística individual por meio da tecnologia e da utilização dos equipamentos de fabricação digital do PortoFabLab. Durante as oficinas o laboratório estará conectado em tempo real com a sede da rede Latino-americana em Lima, no Perú.
Vagas: 20 lugares. Ingresso: R$60 e R$ 30 (meia).

Cronograma das oficinas:
13/08 - FabZoo (recomendado de 6 a 10 anos).
Nessa oficina os participantes construirão diversos animais em MDF criando e compartilhando suas experiências.
-
20/08 - FabLamp (recomendado de 8 a 12 anos).
Os participantes personalizarão uma pequena luminária com a temática "animais imaginários" que construirão com um pequeno circuito eletrônico.
-
27/08 - Emossilla (recomendado de 6 a 10 anos).
Em espanhol, "silla" é cadeira e "emo" representa emoção. Os participantes personalizarão uma pequena cadeira em MDF com uma face humana, representando conceitos de tridimensionalidade e expressão artística.
-
14/08 - Luz desenho - Impressão da luz: entre o pouso e o vôo
Domingos, das 14h às 16h.
A câmara escura Luna Córnea é a base dessa experiência, que aproxima princípios fotográficos antigos e práticas de impressão e circulação de imagens, desde as invenções mecânicas para copiar a natureza ao êxito da fixação, reprodução e difusão da imagem impressa.Vagas: 15 lugares. Grátis.
Obs.: A realização da atividade depende das condições climáticas e meteorológicas no dia.
-
07/08 - Luz desenho - Entorno da paisagem ao redor com Marcos Blau
Domingos, das 14h às 16h
Usando a câmara escura Luna Córnea, a experiência "luz desenho - entorno da paisagem ao redor" promove o contato e entendimento de princípios fotográficos relacionados às práticas de impressão e circulação de imagem.
-
02, 04, 09,11 e 16/08 – Cianótipo
Terças e quintas-feiras, das 10h às 13h e das 14h às 17h.
Uma foto tirada do seu celular se torna uma imagem semelhante às do século XIX através de um processo fotográfico chamado cianótipo. O workshop propõe um diálogo com tecnologias contemporâneas de geração de imagem e processos históricos de revelação.
Vagas: 10 lugares. Ingressos: R$30 e R$ 15 (meia).
-
04, 11, 18 e 25/08 - Estêncil paramétrico
Quintas-feiras, das 10h às 12h30.
A partir da fotografia do rosto de cada participante o arquivo digitalizado será interpretado por um software paramétrico gerando uma malha de grafismos compatíveis com a variação de claro e escuro da imagem original.
Vagas: 10 lugares. Ingressos: R$30 e R$ 15(meia).
-
Curso Fotografia na Cidade e Realidade Virtual
13, 20, 27/08 e 03/09. Sábados, das 10h às 12h30.
Por meio de um percurso a pé pelos arredores do Espaço Cultural Porto Seguro, os participantes terão aulas sobre captação de imagens panorâmicas, usando tecnologias de registros visuais em 360º e ferramentas de democratização da fotografia. Essa imersão fotográfica na cidade, seus habitantes e sua história será apresentada em forma de projeto, visualizado com um óculos virtual open source Google Cardboard produzido no PortoFabLab. A oficina será ministrada por Tony de Marco e a equipe PortoFabLab. É necessário que o participante tenha um smartphone que use sistema operacional android.
Vagas: 15 lugares. Ingressos: R$ 100 e R$ 50 (meia).
Obs.: Para levar o óculos utilizado o participante paga R$50 comprando com antecedência ou R$70 na hora.
-
Água-forte
23 e 30/08 e 06 e 13/09. Terças-feiras, das 14h às 17h.
Água-forte é uma modalidade de gravura feita usando uma matriz, normalmente de ferro, zinco, cobre, alumínio ou latão. Serão apresentadas as diversas possibilidades de vernizes, suportes, mordentes e as variações resultantes de cada escolha. Obs: O material de uso individual não está incluso.
Vagas: 10 lugares. Ingressos: R$ 60 e R$ 30 (meia).
-
Gravura em relevo: possibilidades expressivas da matriz
03, 10, 17, 24 e 31/08. Quartas-feiras, das 14h às 17h.
O curso pretende explorar as possibilidades expressivas da técnica de impressão de matriz em relevo, englobando, além da xilogravura tradicional, o linóleo, o gesso, a cola gravura e os mais diversos materiais que podem servir como matriz. Obs: O material de uso individual não está incluso. Vagas: 10 lugares. R$60 e 30 (meia).
|
Mais informações:
Espaço Cultural Porto Seguro
Campos Elíseos: alameda Barão de Piracicaba, 610, tel. (11) 3226-7361.
www.espacoculturalportoseguro.com.br

4° MADE leva arte, design e palestras ao Jockey Clube de São Paulo +

O Jockey Clube de São Paulo se prepara para receber a 4ª edição do MADE – Mercado de Arte e Design, uma feira internacional que acontece entre 09 e 14/08/16, e conta com exposições e instalações de artistas, designers, lojas, coletivos e empresas criativas, além de uma programação de palestras com renomados nomes do setor. A seleção de participantes foi feita por um time de peso: Maria Helena Estrada, Cláudia Moreira Salles, Marcio Kogan, Jorn Konijn, Mauricio Eugênio e Corinna Sagesser.
Entre os destaques da participação é o estande do Salão dos Artistas sem Galeria, que comercializa obras dos artistas selecionados ao longo das 7 edições.
GALERIAS:

• Artemobilia Galeria
• Aucap
• Claudia Moreira Salles + Dpot
• Galeria Nicoli
• Re.de.sign por Bruno Simões
• Rotas Belas Artes
• Vermeil + Empório Vermeil

EXPOSIÇÕES:

• “From screw to city”, por droog – Designer do Ano
• “Salão dos Artistas sem Galeria”, para PAPER MADE
• “TOD(X)S” – Abracadabra, Casa Rex, Crama, Ellen Kiss,
• FutureBrand, Gad’, Greco Design, Narita, Oz, Pande, RedBandana,
• Tátil, para Abedesign
• “Lina Bo Bardi” – Projeto Talento Joia de Artista
• “Caro Barro” por Sep Verboom para Artesol + Beleza Design & Art

INSTALAÇÕES:

• “Untitled”, por Hot Tea (Eric Rieger) para Melissa
• “Nuvem”, por (In)vasão para Persol
• Attilio Baschera e Gregorio Kramer para Donatelli +
• 6F + Theodora Home
• “Superstudio Revisited”, por Jorn Konijn para Portobello
• Tok & Stok
• Galer[it], por Contain-it para Baró Galeria

PALESTRAS:

09/08
17 horas - droog – Suki de Boer + Jorn Konijn
18 horas - Superstudio – Jorn Konijn
19 horas - Adorno – Kris Andersen + Jorn Konijn + Elien Haentjens + Bruno Simões + Waldick Jatobá
Caro barro – Sep Verboom + Sonia Quintella + Elien Haentjens

10/08
17 horas - Petit h – Pascale Mussard
18 horas - Untitled – Erika Palomino+ Paulo Pedó Filho + Cassio Prates + Waldick Jatobá

11/08
17 horas - Caro barro – Sep Verboom + Sonia Quintella + Elien Haentjens
18 horas - Brazil Modern – Zesty Meyers
19 horas - Projeto Joia de Artista Talento – Maria Tereza Rodrigues + Waldick Jatobá

13/08
15h30 - Attilio Baschera e Gregorio Kramer + Clarissa Schneider
17 horas - Workshop “story smelling – smell as a design tool” – Omer Polak
19 horas - Cerimônia de entrega do Prêmio MADE

14/08
16 horas - Workshop “story smelling – smell as a design tool”– Omer Polak
|
Mais informações: http://www.mercadodeartedesign.com

Regina Silveira estampa obra em revista de palavras cruzadas +

A Ikrek Edições, especializada em livros de artista, em parceria com a revista de palavras cruzadas e passatempos "A Recreativa", a mais antiga do país, há mais de 60 anos no mercado, inicia um novo projeto de arte impressa: a ocupação da página dupla central da revista por um artista contemporâneo.
Regina Silveira (1939) inaugura o projeto com "Dupla Central". A edição da revista que recebe a obra da artista gaúcha é lançada em 13/08/16, das 12h às 18h, na Luciana Brito Galeria, em São Paulo (SP), junto ao encerramento da exposição de Regina no local, “Tramados”.
O intuito deste projeto é que seja criada uma intervenção artística num meio impresso que não circula propriamente no universo das artes visuais, mas que toma a palavra (e seus múltiplos desdobramentos, inclusive imagético) como forma de expressão. Não se trata de um print especial, ou encarte numerado. A obra usa o mesmo papel, impressão e acabamento da revista, misturando-se a ela.
Regina escolheu a obra "Pinta- Ponto”, da série Jogos de Arte, realizada em 1977 a partir de apropriações de imagens e da sintaxe das revistas de palavras cruzadas e passatempos. No lançamento do projeto, a galeria exibe os trabalhos originais da série.
Entre os artistas já confirmados para estampar obras nas páginas da revista estão Ana Luiza Dias Batista, Carmela Gross, Clara Ianni, Gustavo Von Ha, Iran do Espírito Santo, Lenora de Barros, Nino Cais, Roberto Winter, Rochelle Costi e Traplev.
Mais informações em www.ikrek.com.br
|
Luciana Brito Galeria - São Paulo (SP)
Jardim Europa: av. Nove de Julho, 5.162, tel. (11) 3842-0634.
www.lucianabritogaleria.com.br