destaques
conteúdo
publicidade
curtas

Claudia Andujar realiza conversa sobre sua trajetória no Galpão VB +

A fotógrafa Claudia Andujar realiza em 29/07/17, às 15h, uma conversa sobre sua trajetória, especialmente seu longo histórico de registro da cultura ianomâmi, no Galpão VB. O encontro encerra a exposição “Nada Levarei quando Morrer, aqueles que me devem cobrarei no Inferno”, e será mediada por Gabriel Bogossian, co-curador da exposição. Claudia ainda fala sobre sua longa relação com os Yanomami e também sobre facetas menos conhecidas de sua obra, como a atividade fotojornalística do início de sua carreira. A entrada é gratuita e não é necessário realizar inscrição.
A obra da fotógrafa é um dos eixos estruturantes da exposição, que conta com o slideshow “Catrimani” e a fotografia “Casulo humano” (rito mortuário Yanomami), além da videoinstalação “Yano-a” (Wakata-ú – Terra Indígena Yanomami), elaborada por Gisela Motta e Leandro Lima a partir de uma fotografia de Andujar.
Reconhecida internacionalmente, seus trabalhos integram acervos de alguns dos principais museus do mundo, como o MoMA, em Nova York; a Maison Européene de la Photographie, em Paris; e o Instituto Inhotim, em Brumadinho, Brasil.
|
Mais informações:
Galpão VB
Vila Leopoldina: av. Imperatriz Leopoldina, 1.150, tel. (11) 3645-0516. www.videobrasil.org.br

Inhotim realiza sua primeira exposição internacional em Washington (EUA) +

O Instituto Inhotim realiza entre 18/07/17 e 13/10/17, pela primeira vez, uma exposição internacional na sede do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), em Washington (EUA). Intitulada “Inhotim: at the Crossroads of Glocal Change” (Inhotiom: na Encruzilhada da Mudança Glocal), a mostra reúne obras da coleção do museu e experiências audiovisuais inspiradas nos jardins do Parque, sob o tema da reflexão sobre os impactos das mudanças climáticas e as ações que podem ser adotadas para reduzir os seus efeitos. Participam trabalhos de Iran do Espirito Santo, Luiz Zerbini, Olafur Eliasson e Vik Muniz.
A parceria com o BID, que viu no Inhotim um agente de mudança positiva devido à sua maneira pela qual combina arte, natureza e desenvolvimento humano. As obras abordam elementos da natureza impactados por ações humanas e experiências audiovisuais de uma perspectiva panorâmica aérea.
Em seus 140 hectares de visitação, o Inhotim possui um acervo com obras de cerca de 250 artistas, de 30 nacionalidades, além de um Jardim Botânico com mais de 4.500 espécies botânicas de todos os continentes.
|
Mais informações:
Inhotim: at the Crossroads of Glocal Change
Centro Cultural do BID,
1300 New York Ave NW, Washington DC, 20.577. Seg. a sex., das 11h às 18h. Visitas guiadas, agendar pelo telefone (202) 623-1213.
-
Instituto Inhotim
Rua B, 20, Tels.: (31) 3571-9700 /3194-7300.
– Brumadinho - MG
www.inhotim.org.br

Festival Internacional de Fotografia chega à sua 3ª edição em Belo Horizonte +

A 3ª edição do FIF-BH - Festival Internacional de Fotografia: A Política das Imagens ocorre entre 20/07/17 a 04/09/17 e reúne exposições, palestras, bate-papos com experientes fotógrafos, painéis que apresentarão discussões teóricas, oficinas, maratona fotográfica e mostra de livros em diferente locais na capital mineira. Idealizado e coordenado por Bruno Vilela e Guilherme Cunha, esta edição do FIF-BH tem como tema geral “A Política das Imagens”, conceito que aparece como desdobramento das edições anteriores do festival como forma de refletir sobre o contexto político que o Brasil e mundo se encontram. A importância de compreender o papel das imagens nas construções políticas está diretamente ligada à possibilidade de criticá-las e recriá-las. Com programação ampla, o Festival reúne cerca de 20 convidados brasileiros e estrangeiros para discutir e estimular os processos de produção e pensamentos fotográficos, além de trazer à cidade obras de importantes artistas e outras linhas de ações voltadas para a prática e a reflexão.
|
Confira a programação completa:

Grande Exposição

A Mostra do 3º FIF-BH - Festival Internacional de Fotografia reúne cerca de 80 obras em fotografia e vídeo, de 28 artistas de 18 nacionalidades, selecionados por chamada pública. A curadoria da exposição é realizada pelos artistas visuais Bruno Vilela e Guilherme Cunha, idealizadores e coordenadores do FIF-BH, juntamente com Eduardo de Jesus, crítico, ensaísta, membro-diretor da Associação Cultural Videobrasil (SP) e professor da PUC Minas; Patrícia Azevedo, artista e professora da Faculdade de Belas Artes da UFMG. Entre os artistas selecionados estão Tatewaki Nio, do Japão, Yann Gross, da Suíça, e Jayet Helene, da França.

Aberturas:
De 20/07/17, às 19h, a 04/09/17.
Museu Mineiro
-
22/07/17, às 11h, com de Alexandre Sequeira e Will Nascimento às 11h30, a 04/09/17.
Memorial Minas Gerais Vale
-
22/07, às 11h, a 04/09/17.
Parque Municipal Renné Américo Giannetti

-
Palestras

25 a 29/07/17 - Memorial Minas Gerais Vale recebe cinco palestras com pensadores, professores, curadores e artistas, que juntos irão apontar questionamentos e propor reflexões sobre a produção imagética, suas influências na construção das diferentes visões de mundo e a forma como impactam as relações humanas.

25/07, às 19h30 - Heloisa Starling: “Projeto República: O papel das imagens na construção de políticas” ;
26/07, às 19h30 – Vladimir Safatle: “O Circuito dos Afetos”;
27/07, às 19h30 – Philippe Jeandree: "Teoria da contingência: política contemporânea na intercessão com a fotografia" ;
28/07, às 19h30 – Nego Bispo: "A influência das imagens na trajetória das comunidades tradicionais";
29/07, às 19h30 – Piseagrama;
Local: Memorial Minas Gerais Vale. [Praça da Liberdade, s/n - Lourdes]

-
Experiências da Imagem
Com o objetivo de pensar as imagens em sua complexidade, com os seus diversos modelos de ensino, pesquisa, produção e circulação, essa atividade vai trazer experiências de trabalhos de artistas, educadores, pesquisadores, gestores, dentre outros. A “Experiência da Imagem” é um desdobramento da ação “Conversa com Artista”, realizada nas edições anteriores do FIF.

25/07 às 18h – Sílvio Frota (Idealizador do Museu da Fotografia - Ceará);
26/07, às 18h – Francisco Valdean, coordenador do projeto Imagens do Povo / Observatório de Favelas, Rio de Janeiro;
27/07, às 18h – Azu Nwagbogu, diretor de LagosPhoto, festival internacional anual de arte e fotografia - Lagos, Nigéria;
28/07, às 18h – Elina Heikka, diretora do Museu Finlandês de Fotografia de Helsinki, Finlândia;
29/07, às 15h - Coletivo Trema, ganhador da Bolsa de Fotografia ZUM/IMS 2015, em parceria com a revista ZUM e o Instituto Moreira Salles;
29/07, às 16h30 – Anna Fox, fotógrafa, graduada em Estudos Audiovisuais no Surrey Institute, Inglaterra;
Local: Memorial Minas Gerais Vale. [Praça da Liberdade, s/n - Lourdes]

-
FIF Universidade
Ação interdisciplinar que tem como objetivo gerar debates e produção de conhecimento através de painéis de discussão teóricas que abordarão o universo das imagens. Serão apresentados artigos em três painéis de debate, com três professores de diferentes universidades que vão atuar como curadores e mediadores.

26/07 às 14h – Patrícia Azevedo, aartista e professora da Faculdade de Belas Artes da UFMG;
27/07, às 14h – Anna Fox, Fotógrafa, professora da UCA University for the Creative Arts , Inglaterra;
28/07, às 14h – André Azevedo da Fonseca, professor e pesquisador no programa de Pós-graduação em Comunicação do Centro de Educação, Comunicação e Artes (CECA) da Universidade Estadual de Londrina (UEL);

-
Maratona Fotográfica
A ação formativa, com duração de seis dias, que irá mobilizar fotógrafos na cidade de Belo Horizonte. Tem por objetivo estimular o participante a produzir um ensaio ou pesquisa autoral a partir de encontros e orientações com profissionais, fotógrafos e artistas, que tenham trajetórias mais consolidadas.
Na edição de 2017 do FIF-BH, os orientadores da Maratona serão a Nitro Imagens e o artista Pablo Lobato. Ao todo são 16 vagas para interessados. Ao final do processo de produção orientada, as imagens ou trabalhos gerados pelos participantes da Maratona, serão organizadas em séries e editadas para a realização de uma publicação digital, que será lançada durante o Festival.
24 a 30/07
Inscrições: http://bit.ly/2v9Z3d5
Valor: R$ 330.

-
Workshops
24 e 29/07

de julho, seis workshops tem como objetivo oferecer ao participante uma experiência mais completa sobre o processo de elaboração e produção e distribuição da imagem.

As atividades serão ministradas por nomes de destaque na área como Luiz Rodrigo Cerqueira, Betho Freitas, Graziani Riccio, Ricardo Portilho, Francisco Valdean e Daniel Moreira. Os interessados podem se inscrever através do site www.fif.art.br/2017/workshops.
Das seis oficinas oferecidas, três terão inscrições abertas ao público e três serão oferecidas a grupos da cidade como forma de fortalecer, através da fotografia, o trabalho em desenvolvimento por estes coletivos. Workshops abertos ao público:

Impressão Fine Art e Gerenciamento de Cores, com o professor Luiz Rodrigo Cerqueira
Inscrição: R$ 330;
-
Photo Gravura – experiências entre fotografia e a gravura, com o professor Betho Freitas
Inscrição: R$ 330;
-
FOTOZINE em Riso, com Graziani Riccio e Ricardo Portilho – Entrecampo
Inscrição: R$ 330;
-
Workshops ofertados para grupos de Belo Horizonte:
Retratos – Artistas em primeiro plano, com o professor Daniel Moreira
-
Memória do Espaço – Publicação Fotográfica, com professores Graziani Riccio e Ricardo Portilho – Entrecampo
-
Imagens do povo, com o professor Francisco Valdean;
-
30/07, de 10h às 17h - Mostra de Livros na Praça da Liberdade
|
Mais informações:
3º FIF-BH - Festival Internacional de Fotografia: A Política das Imagens
Festival: 25 a 30/07
Exposição: 20/07 a 04/09/17.
-
Museu Mineiro
Centro: av. João Pinheiro, 342. Ter., qua. e sex., 10h/19h; qui. 12h/21h; Sab. e dom.; 12h/19h.
-
Memorial Minas Gerais Vale
Lourdes: pça. da Liberdade, s/n. Ter., qua., sex., e Sab., 10h/18h; qui., 12h/ 21h; dom., 12h/15h30.
-
Parque Municipal Renné Américo Giannetti
Centro: av. Afonso Pena, 1.377, ter. a dom. 06h /18h.
|
www.fif.art.br

CPF Sesc realiza oficina sobre técnicas de fotografia em smartphone +

O Centro de Pesquisa e Formação do Sesc realiza até 25/07/17 a Oficina mObgraphia - Fotografia e Arte Mobile, que apresenta técnicas de fotografia em smartphone. Uma série de quatro aulas (com saída prática) que introduz e aprofunda alguns fundamentos do aplicativo "Snapseed" (disponível em iOS e Android). Os encontros ocorrem às terças-feiras e às quintas-feiras, das 19h30 às 21h30, e um sábado (22/7), das 14h30 às 16h30. Participam Cadu Lemos e Ricardo Rojas, fundadores da mObgrafia Cultura Visual. Recomendação etária: 16 anos. Número de vagas: 50.
Investimento R$ 50 (inteira); R$ 25 (aposentado, pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública); R$ 15 (trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo credenciado no Sesc e dependentes). Informações e inscrições pelo site (sescsp.org.br/cpf) ou nas unidades do Sesc no Estado de São Paulo.
|
Centro de Pesquisa e Formação do Sesc
Bela Vista: r. Dr. Plínio Barreto, 285 – 4º andar. Tel: (11) 3254-5600.

Rodrigo Cass, Janaina Tschape e outros brasileiros no exterior +

O artista plástico paulista Felipe Seixas participa da 19ª Bienal Internacional de Cerveira, em Portugal, entre 16/7 e 16/9.
|
Mariana Maurício (Galeria Leme) participa da mostra coletiva “O Fundo do Poço”, na galeria Die Raum, em Berlim (Alemanha), entre 24/6 e 20/8/17. http://www.dieraum.net/
|
José Carlos Martinat e Paulo Climachauska (ambos da Galeria Leme) participam da mostra “Force, Strenght, Power”, na Galeria Baginski, em Lisboa, entre 4/7 e 9/9/17.
|
O paulistano Mauro Piva (Galeria Leme) realiza a mostra “Forma Sobre Fundo”, nos Proyetos Monclova, na Cidade do México, entre 22/6 e 2/9/17.

|
A Bossa Gallery, de Liliana Beltran, em Miami, realiza a mostra “Fluctuations”, com obras de Fláva Junqueira e George Goodridge. A presença ambígua de conceitos opostos é frequente na obra dos dois artistas, como ordem e desordem, natureza e criação, restrição e excesso, mecânico e orgânico. A mostra fica em cartaz entre 10/7 e 8/9. www.bossagallery.com
|
A exposição de Gaspar Gasparian em Erevan, na Armênia, acontece na 1ª edição da Standart Triennial of Contemporary Art e será o primeiro encontro do público com o trabalho deste artista de origem armênia. “Distant Fragments (Fragmentos Distantes)” apresenta uma retrospectiva do trabalho de Gaspar Gasparian, com fotografias realizadas entre as décadas de 40 e 60. Curadoria Ruben Arevshatyan. Fica em cartaz entre 20/7 e 30/9/17.
|
A artista carioca Rosana Palazyan participa da primerira edição da mostra Standart - Triennial of Contemporary Art, na Armenia. A mostra “The Mount Analogue” tem conceito e curadoria de Adelina Cüberyan von Fürstenberg e assistência do curador Ruben Arevshatyan e acontece entre 20/7 e 31/12/17 nas cidades de Yerevan, Gyumri, Sevan e Kapan. O nome da Trienal é inspirado pela revista armênia de vanguarda Standard, publicada em 1924, a revista destaca o rico contexto cultural e histórico da Armênia e, por meio de seu caráter itinerante, envolve comunidades diversas e cria oportunidades de diálogo e relações entre artistas, escritores, curadores, cientistas, comunidades locais e visitantes. A curadora Adelina Cüberyan von Fürstenberg foi premiada com o Leão de Ouro para o Pavilhão Nacional da Armênia na 56ª Bienal de Veneza, em 2015. Inspirada no romance inacabado “The Mount Analogue”, do escritor surrealista francês René Daumal (1908-1944), “Standart” será realizada em espaços históricos e culturais, em toda a região do Monte Ararat. www.standart-armeniatriennale.net
|
Rodrigo Cass (Fortes D’Aloia & Gabriel) participa da mostra “The Way Things Go”, no Belgrade Cultural Center, em Belgrado, na Sérvia, entre 6 e 27/7/17.
|
Valeska Soares (Fortes D’Aloia & Gabriel) participa da mostra coletiva “99 Cents or Less”, no MOCAD de Detroit, nos EUA, até 6/8. Participa ainda da mostra “The Half-Life of Love”, no MASS MoCA, em North Adams, também nos EUA, até 1/1/2018.
|
Cristiano Lenhardt (Fortes D’Aloia & Gabriel) participa da mostra coletiva “Unanimous Night”, no Contemporary Art Centre, em Vilna, na Ltuânia, até 13/08/17. Com o carioca Ernesto Neto, Valeska participa da coletiva “Infinite Garden. From Giverny to Amazonia”, no Centre Pompidou-Metz, em Metz, na França, até 28/8/17.
|
Barbara Wagner (Fortes D’Aloia & Gabriel) realiza a mostra individual “Aspirations”, no MOCAD de Detroit, nos EUA, até 20/8/17. A artista participa ainda das mostras coletivas “Frucht & Faulheit”, no Lothringer13 Halle, em Munique (Alemanha) até 20/8, e do mega evento Skulptur Projekte 2017, que acontece a cada 10 anos em Münster, também na Alemanha, até 1/10/17.
|
Beatriz Milhazes (Fortes D’Aloia & Gabriel) está entre os selecionados para a mostra “Roberto Burle Marx: Brazilian Modernist”, que acontece no Deutsche Bank KunstHalle, em Berlim, entre 7/7 e 3/10/17.
|
O paulistano Mauro Restiffe (Fortes D’Aloia & Gabriel) participa da coletiva “Doubles, Dobros, Pliegues, Pares, Twins, Mitades”, que acontece na The Warehouse, em Dalas, nos EUA, entre 10/7 e 29/12/17.
|
Janaína Tschape (Fortes D’Aloia & Gabriel) participa da mostra coletiva “Celibataire Divas”, no De Mijlpaal Contemporary Art in Herkenrode Refuge, na cidade de Hasselt, na Bélgica, até 3/9/17. A artista tem suas obras ainda na coletiva “Tidalectics”, no espaço TBA21–Augarten, em Viena (Áustriua), até 19/11/17.
|
A artista mineira Rivane Neuenchwander (Fortes D’Aloia & Gabriel) participa da mostra coletiva “Now” na The National Galleries of Scotland, em Edimburgo, na Escócia, até 24/9/17. Terá obras ainda na coletiva “Art and Alphabet”, no Hamburger Kunsthalle, em Hamburgo (Alemanha), de 21/7 a 29/10/17.
|
O Museu de Arte Contemporânea de Serralves apresenta no Terminal de Passageiros do Porto de Leixões, em Matosinhos, Portugal, a exposição coletiva “Passagens: A Coleção de Serralves noTterminal de Cruzeiros do Porto de Leixões”. A mostra fica em cartaz até 17/9 e apresenta mais de 30 obras de artistas portugueses e internacionais que fazem parte da Coleção de Serralves, entre eles Marcius Galan.
|
Geraldo de Barros (Luciana Brito Galeria de Artes) protagoniza a mostra “Fotoformas e Sobras” na Fundação Arpad Szenes-Vieira da Silva, em Lisboa, entre 15/7 e 17/9/17. A mostra integra a programação do evento Passado e Presente – Lisboa, Capital Ibero-Americana de Cultura 2017.
|
Regina Silveira (Luciana Brito Galeria de Artes) apresenta suas obras na coletiva “Infinities”, no High Performance Computing Center Stuttgart, na Alemanha.
|
O Centre d'Art Contemporain de Meymac, na França, recebe a coletiva “Un Monde In-tranquille, em cartaz até 15/10 e que conta com fotografias do mineiro Pedro Motta.
|
A Galeria Nara Roesler em Nova York apresenta mostra coletiva multimídia “GNR Presents”, com obras de Abraham Palatnik, Alexandre Arrechea, Artur Lescher, Bruno Dunley, Cristina Canale, Daniel Buren, Eduardo Navarro, Hélio Oiticica, Lygia Clark, Marco Maggi, Milton Machado, Sérgio Camargo, Tunga, Vik Muniz e Xavier Veilhan. Em cartaz até 10/9/17, a mostra será acompanhada por uma série de conversas e workshops.
|
O artista plástico gaúcho Norberto Noschang participa da segunda edição do projeto “Brazilian Art in Miami”, entre os dias 18 a 31/7, na Galeria Art &Design.
|
Para comemorar a sua participação na exposição coletiva “Soundtracks”, no Museu de Arte Moderna de São Francisco (SFMOMA), a dupla multimídia mineira OGrivo realizará uma performance participativa como parte do programa “Performance All Ages”. A dupla se envolverá em apresentações sonoras não convencionais, durante as quais criarão um quebra-cabeça ativo com materiais surpreendentes, incluindo molas, latas, folhas de metal e caixas de madeira. Os artistas irão improvisar com essas máquinas musicais, utilizando filtros eletrônicos e efeitos para produzir uma paisagem sonora fascinante. “Soundtracks” abre ao público no sábado, 15/07 e contará com “Cantilena” (2017), de O Grivo, entre obras de outros artistas que também expressam o papel do som na arte contemporânea. O Grivo apresentará ainda a performance “Puzzling is Not a Solitary Game” no espaço “Triple Canopy”, em Nova York, em 21/7, dentro do projeto “GNR Presents’, organizado pela filial norte-americana da Galeria Nara Roesler.
|
Henrique Cesar apresenta obras suas na mostra “Synthesis”, no Museu Nacional d'Art de Catalunya, em Barceolona (Espanha), entre 6/7 e 24/9.

|
Paulo Nimer Pjota (galeria Mendes Wood DM) realiza mostra individual “The History in Repeat Mode - Image” na filial bejga da galeria, em Bruxelas, a partir de 29/6.
|
A Fundação Bienal inaugura mostra itinerante da 32ª Bienal de São Paulo (“Incerteza Viva”), na Fundação Serralves, na cidade do Porto, em Portugal. A mostra reúne projetos de 14 artistas e coletivos. Outros recortes da 32ª Bienal serão apresentados no Museo de Arte Moderno de Bogotá (Mambo), na Colômbia, e em 11 cidades brasileiras ao longo de 2017. A 32ª Bienal de São Paulo foi concebida por Jochen Volz, juntamente com os co-curadores Gabi Ngcobo, Júlia Rebouças, Lars Bang Larsen e Sofía Olascoaga. Em Serralves, a exposição resulta de um diálogo entre Jochen Volz, e o diretor adjunto do Museu de Serralves, João Ribas e foi reconfigurada de acordo com o contexto único do Parque e Museu. Serão apresentadas obras de Gabriel Abrantes, Jonathas de Andrade, Sonia Andrade, Cecilia Bengolea /Jeremy Deller, Alicia Barney, Lourdes Castro, Öyvind Fahlström, Priscila Fernandes, Carla Filipe, Leon Hirszman, Grada Kilomba, Lais Myrrha, Vídeo nas Aldeias, Bárbara Wagner e Benjamin de Burca. As obras apresentadas – pinturas e esculturas, vídeos e instalações – condensam os principais conceitos da exposição que se realizou no Brasil, nomeadamente uma reflexão sobre as atuais condições de vida e as estratégias presentes na arte contemporânea para acolher ou habitar a incerteza. Para a apresentação no Parque de Serralves foram encomendados cinco pavilhões a ateliês de jovens arquitetos do Porto (depA, Diogo Aguiar Studio, Fahr, fala atelier e Ottotto). Estas estruturas, distribuídas por vários locais do Parque, vão apresentar obras de Gabriel Abrantes, Jeremy Deller / Cecilia Bengolea, Priscila Fernandes, Barbara Wagner / Benjamim de Burca e Jonathas de Andrade. Ainda no Parque, Carla Filipe irá apresentar uma obra construída a partir da recolha de plantas comestíveis não-convencionais (PANCS), Alicia Barney mostrará o Vale de Alicia e estará também patente uma obra sonora de Öyvind Fahlström. No Museu, serão mostradas obras de Lais Myrrha, Lourdes Castro, Vídeo nas Aldeias, Leon Hirszman, Grada Kilomba e uma instalação de Sonia Andrade na Galeria Contemporânea.
|
Dante Velloni apresenta suas obras na Galeria Marcantonio Vilaça - Casa do Brasil, em Bruxelas (Bélgica), entre 29/6 e 8/9/17.
|
A artista Laura Lima (Galeria Luisa Strina), com a colaboração de Zé Carlos Garcia, apresenta a obra “Pássaro” na mostra “A Room and a Half”, entre 23/6 e 1/10/17, no Ujazdowski Castle Centre for Contemporary Art, em Varsóvia (Polônia). Curadoria de Agnieszka Sosnowska.|
A Sala Palestrina, no Palazzo Pamphilli, em Roma, sede da Embaixada do Brasil na Itália, recebe entre os dias 27/6 e 21/7, a mostra individual “Attenzione Fragile”, do artista goiano Siron Franco, que completa 70 anos em 25/7/17.




|
Julia Kater apresenta suas obras na exposição “Arrasto | MoveCineArte”, com curadoria de Andre Fratti Costa e Steve Bisson, no Palazzo Rossini (Veneza) entra 10 e 20/7.
|

O Instituto Inhotim realiza pela primeira vez uma exposição internacional, na sede do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), em Washington (EUA), entre 18/7 e 13/10. A mostra “Inhotim: at the Crossroads of Glocal Change” reúne obras da coleção de arte contemporânea do museu e experiências audiovisuais inspiradas nos jardins do Parque. Com trabalhos dos artistas Iran do Espirito Santo, Luiz Zerbini, Olafur Eliasson e Vik Muniz, a exposição propõe uma reflexão sobre os impactos das mudanças climáticas e as ações que podem ser adotadas para reduzir os seus efeitos. De Chris Burden será exibido o vídeo sobre a instalação da obra “Beam Drop Inhotim” ( 2008).
www.inhotim.org.br
|
A mineira Marilá Dardot (Galeria Vermelho) participa da mostra coletiva “Unanimous Night”, no Contemporary Art Centre (CAC), em Vilna, na Lituânia, entre 16/6 e 30/8.
|
O artista plástico Eduardo Kac, representado pela galeria carioca Luciana Caravello, se prepara para uma impressionante maratona de exposições individuais e coletivas em 2017, seja no Brasil quanto no exterior. Sua mais recente produção, a série “Inner Telescope”, será apresentada em 2017 em mostras individuais em Paris (Galerie Charlot, de 8/6 a 27/7) e no Rio de Janeiro (Luciana Caravello, de 20/7 19/8). As obras participam ainda de coletivas em Linz, na Áustria (Arts Electronica Festival, de 7 a 11/9) e em Seoul, na Coréia do Sul, no evento Da Vinci Creative 2017, no Seoul Art Space Geumcheon (de 1/9 a 30/12). A obra “Inner Telescope” já ganhou uma página inteira no jornal “New York Times” e destaque em veículos como “ArtPress”, “Beaux Arts”, “Le Figaro”, “Huffington Post”, “La Nación” e “Connaissance des Arts”. O filme-documentário “Inner Telescope, A Space Artwork by Eduardo Kac”, dirigido por Virgile Novarina, estreou em Paris no último dia 2/6. A trajetória das obras de Kac no exterior prossegue com a exibição de obras da série “Minitel” na mostra “Electronic Superhigheway”, no Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia de Lisboa (entre 1 e 30/9), na mostra online “Net Art Anthology - Rhizome”, organizada pelo New Museum de Nova York, e na mostra “Shadow & Space”, em cartaz neste verão norte-americano na Thoma Foundation, em Chicago. Para completar, os trabalhos de Kac realizados em xerox e fax, no início da década de 80, terão espaço no Pacific Standard Time Festival da Getty Foundation e serão exibidos na mostra “Copyart: Experimental Printmaking 1970-1990”, na Hoehn Family Galleries (Universidade de San Diego, entre 1/9 e 30/12).
|
Jarbas Lopes (Galeria Luisa Strina) realiza a mostra individual “Eau”, com curadoria de Elfi Turpin, no CRAC Alsace, em Altkirch, na França, entre 15/6 e 17/9.
|
Entre 1/6 e 22/10, a Milwaukee Avenue, em Milwaukee, cidade mais populosa do Estado do Wiscosin, nos EUA, receberá a escultura “Vortex”, do artista gaúcho Saint Clair Cemin (Galeria Bolsa de Arte de Porto Alegre). Trabalho de 2012, essa obra monumental é uma espécie de torre de aço de 12 metros por três metros de largura, que espelha as nuvens ao mesmo tempo que aparenta mover-se em direção a elas.
|
A dupla Dias & Riedweg (Galeria Vermelho) participa da mostra coletiva “Nuestro Deseo es Una Revolución. Imágenes de la Diversidad Sexual en el Estado Español (1977-2017)”, em cartaz no CentroCentro, em Madri, entre 22/6 e 1/10/17.
|
Individual no Palazzo Cini, em Veneza, recebe fotocolagens de Vik Muniz. A mostra “Afterglow: Pictures of Ruins” apresenta fotografias em grandes formatos de colagens que o artista compôs a partir de pinturas de lugares antigos de artistas como Hubert Robert e Caspar David Friedrich. À distância, elas se assemelham às pinceladas descontroladamente expressionistas dos Antigos Mestres, mas vistas de perto evidenciam cada pequeno pedaço de papel, fotografia e texto utilizados por Vik Muniz. Com curadoria de Luca Massimo Barbero, diretor do Institute of Art History, a exposição apresenta fotografias e uma escultura em vidro produzidas pelo artista em um processo que envolve a recriação de obras familiares no imaginário coletivo através de um processo bastante pessoal do artista. Em cartaqz até 24/7.
|
O carioca Daniel Lannes (Luciana Caravello Galeria de Arte) realiza sua primeira individual em Berlim, na Alemanha. A mostra “A Luz do Fogo” apresenta oito telas e acontece na galeria Magic Beans entre 1/6 e 2/8/17.
|
O artista Daniel Lie (Casa Triângulo) apresenta suas obras nas mostras coletivas “Welt Kompakt? (World Compact) - Out of Brazil”, com curadoria de Ursula Maria Probst, no Museumsquartier, em Viena (Áustria), entre 23/6 e 3/9. Ainda em Viena, Lie mostra suas obras na mostra “Du Oder Ich? Collective Soul. Ethik des Miteinanders (You or I? Collective Soul. Ethics of Togetherness)”, também curada por Ursula Maria Probst, no Wachauarena Melk, em Melk, entre 16/6 e 20/8.
|
Albano Afonso (Casa Triângulo) apresenta suas obras na mostra “Sobreexposición”, uma curadoria de Juan José Santos em cartaz no Espacio de Arte Contemporáneo, em Montevidéo, no Uruguai, entre 8/6 e 27/8. O artista apresenta suas obras ainda na coletiva “Money Laundering”, no Sixtyeight Art Institute, em Copenhague, na Dinamarca, entre 17/6 e 8/7, com curadoria de Rodolfo Andaur. No 21c Museum Hotel, em Louisville (EUA), Albano Afonso se apresenta na coletiva “Truth or Dare: A Reality Show”. A mostra tem curadoria de Alice Ray Stites e fica em cartaz até 24/2/2018.
|
A pintora carioca Gisele Camargo (Luciana Caravello Galeria de Arte) apresenta suas obras na mostra coletiva “Gray Matters”, no Wexner Center for the Arts, na Ohio State University, em Columbus, nos EUA. A exposição reúne cerca 50 obras de diferentes mídias de 37 artistas mulheres contemporâneas, que exploram a técnica grisaille (termo francês para trabalhar em tons de cinza). “Gray Matters” é a primeira exposição organizada por Michael Goodson desde que assumiu o papel de curador sênior de exposições no Wex, e fica em cartaz até 30/7.
|
Carla Zaccagnini (Galeria Vermelho) apresenta suas obras na mostra coletiva “Nordic Delight”, no Finnish Museum of Photography, em Helsinque, na Finlândia, até 13/8.
|
O fotógrafo paulistano Julio Bittencourt (Galeria Lume) foi um dos selecionados pelo Aesthetica Art Prize, prêmio promovido pela Aesthetica Magazine, revista inglesa de arte, cultura e design, e com isso participa de mostra coletiva na York Art Gallery, em York, na Inglaterra. A mostra fica em cartaz até 10/9.
|
Vivian Cacuri (Galeria Leme) participa da mostra “The Future Generation Art Prize”, em cartaz no Palazzo Contarini Polignac Dorsoduro, em Veneza, entre 12/5 e 13/8/17. A artista participa também da feira ArteBA, em Buenos Aires, entre 24 e 27/5, com o projeto “Dixit”, em parceria com Arto Lindsay.
|
Jaime Lauriano (Galeria Leme) participa da mostra coletiva “Welt Kompakt? (World Compact) - Out of Brazil”, com curadoria de Ursula Maria Probst, no Museumsquartier, em Viena (Áustria), entre 23/6 e 3/9.
|
A galeria da Cité Internationel des Arts, em Paris, inaugura em 31/5 mostra “Tender Constructions”, de Carolina Ponte e Pedro Varela, ambos da Galeria Zipper. Carolina, artista residente na instituição, exibe desenhos elaborados por arabescos e ornamentos; Pedro exibe paisagens urbanas utópicas e florestas lisérgicas.
|
A mineira Janaina Mello Landini (Galeria Zipper) participa a partir de 16/5 da Textile Biennial de Rijswilk, na Holanda. Na Itália, a artista realiza individual na Galleria Macca, em Cagliari, a partir de 25/5. Nas duas mostras, exibe obras da série “Ciclotramas”.
|
A artista Regina Silveira (Galeria Luciana Brito) participa com a obra “Touch” da mostera “Planet 9”, no Kunsthalle Darmstat, na Alemanha. A mostra fica em cartaz entre 30/5 e 27/8/17.
|
O artista alagoano-pernambucano Jonathas de Andrade (Galeria Vermelho) está em cartaz desde março em mostra coletiva no MoMA de Nova York com seu filme “Levante”, recentemente adquirido pela instituição. “Unfinished Conversations: New Work from the Collection” acontece entre 10/3 e 30/7 e apresenta ainda obras de John Akomfrah, Anna Boghiguian, Samuel Fosso, Iman Issa, Cameron Rowland, Wolfgang Tillmans, Kara Walker, Lynette Yiadom-Boakye e outros. Ainda nos EUA, Jonatas de Andrade apresenta o filme “O Peixe” (visto na última Bienal de São Paulo), no New Museum (www.newmuseum.org). E junto com Eduardo Srur e Marcelo Moschetta, o artista está na coletiva “Aqua - Les Artistes Contemporains et l’Enjeu de l’Eau”, uma curadoria de Adelina Von Fürstenberg para o projeto Art for the World. A mostra acontece entre 22/3 e 2/7 no Château de Penthes, na Île Rousseau, em Pregny-Chambésy, em Genebra, na Suíça.
|
Sonia Gomes (Mendes Wood DM) e A.R. Penck realizam mostra conjunta nas sedes da galeria paulistana em Nova York e também na Michael Werner Gallery entre 2/5 e 29/6.

|
Clarissa Tossin (Galeria Luisa Strina) participa da coletiva “99 Cents or Less”, com curadoria de Jens Hoffmann, no Museum of Contemporary Art, em Detroit (EUA), entre 19/5 e 6/8/17.
|
A fotógrafa Claudia Andujar e a dupla de artistas multimídia Gisela Motta
e Leandro Lima, ambos da Galeria Vermelho, participam da mostra “Amazonie - Le Chamane et la Pensée de la Forêt”, que acontece no Muséum of Pointe-à-Callière, em Montreal, no Canadá, entre 20/4 e 22/10/17.
|
A carioca Rosângela Rennó (Galeria Vermelho) participa da coletiva “Autophoto”, em cartaz na Fondation Cartier pu l'Art Contemporain, em Paris, entre 20/4 e 24/9/17.
|
Geraldo de Barros e Waldemar Cordeiro protagonizam a mostra “The Revolution is Dead. Long Live the Revolution!”, em cartaz no Zentrum Paul Klee e no Kunstmuseum Bern, em Berna, na Suíça, de 13/4 a 9/7. A curadoria é de Bühler, Michael Baumgartner e Fabienne Eggelhöfer.
|
O carioca Jarbas Lopes (A Gentil Carioca) participa da mostra “Boa Sorte”, em cartaz no FORUM - Fundacao Eugenio de Almeida, em Évora (Portugal), entre 6/5 e 1/10/17. A curadoria é de Elfi Turpin e Filipa Oliveira.
|
A mostra Retrospectiva “Lygia Pape - A Multitude of Forms” é a primeira exposição monográfica dedicada à artista brasileira Lygia Pape (1927-2004) nos EUA. Figura significante no desenvolvimento da arte moderna brasileira, Pape combinou abstração geométrica com noções de corpo, tempo e espaço de formas únicas que transformaram radicalmente a natureza do objeto de arte no final dos anos 1950 e início dos anos 1960. Abrangendo uma carreira prolífica e inclassificável que se estendeu por cinco décadas, esta exposição examina a obra extraordinariamente rica de Pape que se manifesta através de meios variados – desde escultura, gravura e pintura até instalação, fotografia, performance e cinema. Em cartaz no Metropolitan Breuer, em Nova York, entre 21/3 e 23/7.
|
O artista mineiro Pedro Motta (Galeria Luisa Strina) foi selecionado para a mostra “Soulèvements”, com curadoria de Georges Didi-Huberman, no Museu Nacional d’Art de Catalunha, em Barcelona, na Espanha, entre 23/3 e 25/6/17.
|
Clara Ianni (Galeria Vermelho) participa da mostra coletiva “Utopia/Dustopia”, no Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia (MAAT), em Lisboa, entre 21/3 e 14/8/17.
|
Marcelo Cidade (Galeria Vermelho) participa da mostra coletiva “Monumentos, Anti-Monumentos y Nueva Escultura Pública”, no Museo de Arte de Zapopan (MAZ), em Zapopan, no México, entre 30/3 e 30/7/17.
|
A mostra “Claudia Andujar. Tomorrow Must Not Be Yesterday” fica em cartaz no
Museum für Moderne Kunst, em Frankfurt, na Alemanha, entre 18/2 e 25/6.
|
A artista mineira radicada no Rio de Janeiro Laura Lima participa da mostra “Illusion and Revelation”, curadoria de Ernst Caramelle, em cartaz no Bonnefanten Museum, em Maastricht, na Holanda, até 27/11/17. www.bonnefantren.nl

|
O fotógrafo paraense Guy Veloso (Escritório de Arte Rosa Barbosa) foi convidado com seu projeto “Penitentes: Dos Ritos de Sangue à Fascinação do Fim do Mundo” para a Bienal de las Américas, em Denver, no Colorado (EUA), em junho de 2017. Trata-se de um trabalho de cunho antropológico de Veloso, que retrata grupos laicos de Encomendadores das Almas (Penitentes), que durante certas épocas do ano, saem noite adentro rezando pelos “espíritos sofredores”, geralmente cobrindo rostos com panos ou capuzes, em alguns casos mais dramáticos, praticando autoflagelação. Curadoria de Maluca Salazar.
|
A Rubell Family Collection – Contemporary Art Foundation, em Miami, apresenta a mostra “New Shamans - Novos Xamãs: Brazilian Artists” até 25/8/17. A mostra apresenta obras nas mais diversas mídias dos artistas AVAF, Lucas Arruda, Thiago Martins de Melo, Sonia Gomes, Andre Komatsu, Daniel Steegmann Mangrané, Paulo Nazareth, Maria Nepomuceno, Solange Pessoa, Paulo Nimer Pjota, Marina Rheingantz, Eli Sudbrack e Erika Verzutti.

Projeto Cassino propõe incentivo e intervenção artística de Heleno Bernardi +

O Projeto Cassino é uma intervenção artística que acontecerá no teatro do Cassino da Urca. Considerada um ícone cultural da cidade do Rio de Janeiro, a construção será em breve restaurada pelo IED (Instituto Europeo di Design), que ocupa o edifício desde 2006. De forma metafórica e poética, o projeto faz alusão aos dias de glória do cassino, recuperando a memória afetiva de um período de sonhos e glamour da noite carioca.
Assim, o artista Heleno Bernardi propõe de patrocínio participativo, que reúne colecionadores e incentivadores da cultura, interessados em contribuir de maneira simples e direta neste projeto. A proposta se dá por meio da produção de um múltiplo com tiragem de 45 exemplares que tem o valor de R$2.800,00 cada, e contemplam, além da aquisição desta obra, o agradecimento nominal no catálogo e dez exemplares do mesmo. Poucas quotas deste patrocínio ainda estão disponíveis então interessados em participar podem reservar o seu material através do email galeria@janainatorres.com.br.
|
Mais Informações
Janaina Torres Galeria
Pinheiros: r. Joaquim Antunes, 177, sala 11. São Paulo – SP.
www.janainatorres.com

Festival Arte Serrinha chega à sua 16ª edição em Bragança Paulista (SP) +

A 16ª edição do Festival Arte Serrinha ocorre entre 03 e 30/07/17 com intensa programação de oficinas, exposições, shows, cinema e teatro, em diferentes espaços de Bragança Paulista, localizada a 90 km de São Paulo, no pé da Serra da Mantiqueira e da represa Jaguari-Jacareí. Sob o tema “De Quem É Essa Terra?”, o festival reflete sobre os tempos de migrações, intolerância, propriedade, pertencimento, exclusão e pátria, e que hoje as fronteiras são cada vez mais demarcadas apesar da abundância da terra que nos oferece tudo e para todos os povos. Entre as atrações, está uma nova instalação de land art de Jean Paul Ganem; shows de Black Alien e Bárbara Eugenia com Tatá Aeroplano, encontros musicais com Benjamim Taubkin; o espetáculo “Tangos Brasileiros” pela Danças Polifônicas, no Teatro Rural; e oficinas comandadas por convidados como Luiz Braga, Neka Menna Barreto e Ronaldo Fraga. O evento é idealizado pelo artista Fabio Delduque, seu irmão Marcelo Delduque, que cuida de projetos ambientais e de transformação da paisagem, e o empresário e chef de cozinha Carlão de Oliveira, criador da cachaça Busca Vida. A Fazenda Serrinha, antiga propriedade cafeeira utilizada como espaço de convivência e de experimentações artísticas, desde os anos 1990. Nela está o Parque de Instalações com obras permanentes de artistas contemporâneos como José Roberto Aguilar, Luiz Hermano e Gustavo Godoy. Para esta edição do festival, o francês Jean Paul Ganem desenvolve uma instalação em land art, em uma área já usada para pastagem, que deve ser observada pelo mirante da Serrinha. Também foram inauguradas neste ano obras de Eduardo Srur e Laura Gorski.
|
Entre destaques das oficinas está uma imersão nos processos da natureza na “Lab da terra” idealizada pelos agroecólogos Rafael Lama Furtado, Liege Pistore e Marcelo Delduque, onde participantes dividem trabalhos diários da Fazenda Serrinha. E para quem aprecia gastronomia pode se inscrever na “Criação de um banquete”, onde a nutricionista e ativista orgânica Neka Menna Barreto e o artista Fernando Limberger mostram ao público como preparar e servir um banquete aliando comida e arte no restaurante Ca de Mez Amig. Também estão programadas as oficinas fotografia com Luiz Braga; Moda e re-existência com Ronaldo Fraga; dança e yoga ao ar livre de Lú Brites; e Cerâmica marajoara, com Ronaldo Guedes. As inscrições podem ser feitas no site (www.arteserrinha.com.br/inscreva-se). Os preços variam de R$ 150 a R$ 450 (para oficina com acomodação na Fazenda Serrinha).
|
Confira a programação:

Oficinas

03 a 07/07 - Liege Pistore, Marcelo Delduque e Rafael Lama Furtado – Lab da Terra – Fazenda Serrinha; 30 vagas – R$ 300.
-
10 a 16/07 - José Spaniol, Helena Martins Costa e Fabio Delduque - residência livre de artes visuais no ateliê da Fazenda Serrinha; 40 vagas – R$ 150.
-
10 a 15/07 - Hilton Merkadante – Oficina de produçãoo de bonecos e máscaras;
Casarão 2 Irmãos; 15 vagas – R$ 150.
-
19 a 21/07 - Ronaldo Fraga – Moda e re-existencia – Fazenda Serrinha; 20 vagas – R$ 150;
Lú Brites - Meu corpo minha terra – práticas e criações de dança e yoga ao ar livre -Água Comprida; 40 vagas – R$ 150;

Diógenes Moura –Limpeza de pele - literatura, fotografia e existencia – Casarão 2 Irmãos; 15 vagas – R$ 150.
-
Neka Menna Barreto e Fernando Limberger – Banquete Terra que te quero viva – cozinha e arte – Restaurante Cá de Mez Amig; 20 vagas – R$ 150;
-
Luiz Braga – Fotografia; 15 vagas – R$ 150 – Fazenda Serrinha;
-
18 a 22/07 - Ronaldo Guedes - oficina de ceramica marajoara – Atelie Siriema e João de Barro; 15 vagas – R$ 150;
|
17 a 23/07 - Residência Expedição Brasil Profundo, com o cineasta Beto Brant, o escultor e designer Hugo França, o músico Benjamim Taubkin.
Convidados : 18/07 – Lena Bahule ( Moçambique ), Salam Alsayed ( Síria ) e João Taubkin;
19/07 – Meno del Picchia e músicos bragantinos;
20/07 – José Miguel Wisnik;
21/07 – lançamento do filme “Música pelos Poros” de Marcelo Machado gravado durante o Festival Arte Serrinha 2015;
|
Festival Infantil
10 a 15/07, das 14h às 17h - Ana Letícia Penedo; 15 vagas – R$ 30 por dia ou R$ 150 todos os dias;
17 a 22/07, das 14h às 17h - Fafi Prado; 15 vagas – R$ 30 por dia ou R$ 150 todos os dias;
|
Cinema
Cine Rancho – Fazenda Fortaleza (Rod. Pe. Aldo Boline, km 80,7).
Sessões gratuitas, sempre às 21h. 50 lugares/ Class. 14 anos.
|
01/07 – “Elis” - Hugo Prata , 2016 ( 1h 55min );
07 e 08/07 – “Pequeno Segredo” – David Schurmann , 2016 (1h47min);
14 e 15/07 – “Pitanga” - Beto Brant e Camila Pitanga, 2017 (1h 50min);
21 e 22/07 – “La Vingança” – Fernando Fraiha e Jiddu Pinheiro, 2017 (1h 30min);
28 e 29/07 – “Vermelho Russo” – Charly Braun , 2016 (1h30min);
|
Shows
Galpão Busca Vida
15/07, às 23h30 - Black Alien;
29/07, às 23h30 - Pedra Branca;
-
Teatro Rural
30/07, às 18h – Bárbara Eugenia e Tatá Aeroplano;
Lançamento do CD “Vida Ventureira”.
|
Mais informações:
Fazenda Serrinha, Bragança Paulista
Rod. Fernão Dias- trevo de Bragança Paulista.
www.arteserrinha.com.br

Prêmio Brasil Fotografia Porto Seguro 2017 anuncia lista dos vencedores +

A Comissão de Seleção e Premiação do Prêmio Brasil Fotografia, composta por Angélica de Moraes, Cildo Oliveira, Evandro Teixeira, Fábio Magalhães e Rubens Rewald, concluiu o processo de avaliação dos trabalhos inscritos, e anuncia os trabalhos vencedores:

Prêmio Especial - Nair Benedicto, com o ensaio ‘Índios Molhados’,
Prêmio Ensaio Impresso - Antonio Saggese, pelo trabalho ‘Hiléia’,
Prêmio Ensaios Multimeios - Gilvan Barreto, pelo trabalho ‘O Guarani’,
Prêmio Revelação - Andre Arruda, pelo ensaio ‘Clóvis’.

Prêmios Bolsa para Desenvolvimento de Projeto
Adriano Escanhuela, com o projeto ‘Umidus’;
Osvaldo Carvalho, pelo projeto “Outras Paisagens”.

Também foram conferidas duas menções honrosas: uma para André Cunha, pelo ensaio ‘Semeadura’ e outra para Tiago Coelho, pela obra audiovisual ‘O Marketing’.

A abertura exposição ocorre a partir de 17/08/17 no Espaço Cultural Porto Seguro.
|
Espaço Cultural Porto Seguro
Campos Elíseos: alameda Barão de Piracicaba, 610, tel. (11) 3226-7361. www.espacoculturalportoseguro.com.br

Obra de Arthur Bispo do Rosário ganha catálogo raisonné +

O artista Arthur Bispo do Rosário (1909 – 1989), um dos expoentes da arte contemporânea brasileira, terá toda a sua obra reunida em catálogo raisonné com lançamento previsto para agosto de 2018. Idealizado pela galeria paulistana Almeida e Dale e coordenado por Ricardo Resende, curador do Museu Bispo do Rosário Arte Contemporânea, no Rio de Janeiro, o projeto de pesquisa e catalogação da obra do artista está em fase inicial e deve se estender por mais dez meses chefiada pela pesquisadora Aída Cordeiro. A publicação terá tiragem de mil exemplares, com imagens, dados técnicos, histórico de exposições e bibliografia referentes aos 804 trabalhos produzidos por Bispo em toda sua vida e será distribuído a instituições e bibliotecas de acesso público. O livro ainda terá uma versão digital, que será disponibilizada em site vinculado ao Museu Bispo do Rosário. Paralelamente ao trabalho de pesquisa e catalogação, as obras de Bispo passarão por um processo de higienização e desinfestação, realizado segundo padrões museológicos internacionais.
Diagnosticado como esquizofrênico paranoico, Arthur viveu por quase 50 anos como interno da Colônia Juliano Moreira, antigo hospital psiquiátrico em Jacarepaguá, zona oeste da capital fluminense. Aproveitou-se dos materiais precários que o cercavam para recriar o mundo e registrou em mantos e estandartes tudo que sua memória foi capaz de recordar. Teve a sua genialidade reconhecida tardiamente, somente em 1982, quando alguns de seus objetos integraram “À Margem da Vida”, mostra coletiva organizada pelo crítico Frederico Morais, no MAM do Rio de Janeiro. Foi a primeira vez que seu trabalho foi visto fora da Colônia.
O trabalho de Bispo do Rosário já foi reverenciado em duas Bienais de Veneza, em 1995 e 2013, e na 30ª Bienal de São Paulo, em 2012. O artista teve ainda uma série de outras exposições de grande relevância e destaque, como a realizada no Victoria & Albert Museum, de Londres, em 2012, e mais recentemente, em 2016, no New Museum, de Nova York. Atualmente, o Manto da Apresentação, talvez o mais icônico de seus trabalhos, integra uma mostra na Maison Rouge, em Paris.
|
Museu Bispo do Rosário Arte Contemporânea
Jacarepaguá: estrada Rodrigues Caldas, 3.400, Taquara, tel. (21) 2446-6628.
www.museubispodorosario.com

Associação Santa Fé realiza a 5ª edição do seu Leilão Beneficente +

A Associação Beneficente Santa Fé completa 24 anos e para celebrar realiza a 5ª edição do Leilão Beneficente, em 14/09/17, às 18h30, no Esporte Clube Pinheiros, em São Paulo. O valor arrecadado é direcionado a recursos para ajudar crianças e adolescentes da Santa Fé, que desde 1993 acolhe vítimas de todos os tipos de violência. O repertório ainda inclui um jantar especial assinado pela Chef Morena Leite e show da cantora Maria Gadú. Ingressos R$450 e as vendas ocorrem pelo site www.santefe.org.br .
|
Esporte Clube Pinheiros
Jardim Europa: r. Tucumã, 36. São Paulo - SP.
Estacionamento do Clube Pinheiros - Av. Brigadeiro Faria Lima, 2.378 (R$50)
www.santafe.org.br

Ateliê Alê realiza workshop de montagem de portfólio e editais +

O Ateliê Alê realiza em 12/08/17 o workshop Montagem de Portfólio e Orientações para Editais e Salões de Arte, ministrada por Miriã Cavalcanti. A palestra é voltada para artistas e fotógrafos para orientação e elaboração e montagem de portfólio e participação de eventos de arte como salões, museus, residências e exposições. Investimento: R$50; Inscrições e informações: atelieale@atelieale.com
|
12/08/17
Turma 1: das 10h as 13h
Turma 2: das 15h as 18h
|
Ateliê Alê
Sto. Amaro: r. São Sebastião, 570. Tel.:(11) 2548- 8508 – São Paulo - SP
atelieale@atelieale.com | www.atelieale.com

Espaço Atelier promove workshop de gravura +

O Espaço Atelier promove entre 12 e 26/07/17, das 14h30 às 17h30, o workshop de Gravura, que visa apresentar uma técnica de gravura em metal por aula desde noções gerais, técnicas de impressão em ponta seca, água forte, verniz mole e água tinta. As aulas são ministradas por Chris Rocha e Kika Levy. Investimento de R$ 180, por dia; R$ 342 para dois dias; e R$ 486 para três dias. Inscrições por e-mail cris@crisrocha.art.br ou telefone (11) 3062-1224.
|
Espaço Atelier
Pinheiros: r. João Moura 503/14.

MAS-SP promove curso de conservação e restauração museal em madeira +

Curso de Conservação e Restauração em sua Interdiciplinaridade Museal - Módulo Madeira
O Museu de Arte Sacra de São Paulo realiza entre 26/07/17 a 13/12/17 o curso de "Conservação e Restauração em sua interdisciplinaridade Museal: Módulo Madeira", com a Profª Titina Corso. Por meio de apresentação teórica, prática e dialógica, os encontros propõem estimular à observação técnica e artística, para análise morfológica e identificação da cultura secular do material, a fim de sensibilizar para uma melhor compreensão da produção erudita e de sua materialidade. Também inclui uma programação de visitas técnicas em ambiência museológica a ser definida conforme a necessidade da matéria estudada. As aulas ocorrem às quartas-férias, das 13h às 17h. Investimento de R$ 300 mensais; inscrições pelo e-mail mfatima@museuartesacra.org.br .
|
Museu de Arte Sacra de São Paulo
Luz: av. Tiradentes, 676 - Metrô Tiradentes, tel. (11) 5627-5393. São Paulo -SP.
Estacionamento gratuito: Rua Dr. Jorge Miranda, 43
www.museuartesacra.org.br

Sesc 24 de Maio será inaugurado em agosto no Centro de São Paulo +

A nova unidade do Sesc 24 de Maio, na região central da capital paulista, será inaugurado em 19/08/17. Localizado na esquina da rua que dá nome à unidade com a Rua Dom José de Barros, próximo ao Theatro Municipal, o novo centro cultural, esportivo e de convivência tem projeto arquitetônico modernizado para um novo uso, que é assinado por Paulo Mendes da Rocha e pelo MMBB Arquitetos. A unidade conta com área construída de aproximadamente 28 mil m², onde espera receber cerca de cinco mil pessoas por dia, entre trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo e a população, que podem ter acesso a uma programação com o mesmo perfil oferecido por outras unidades.
O Sesc tem espaço para teatro (com 245 lugares), espaços para convivência, comedoria, cafeteria, biblioteca, área de exposição, clínica odontológica (com quatorze consultórios e salas de raio X), área para prática esportiva e atividades corporais, área de tecnologia e arte, solário, entre muitos espaços, e uma piscina de 500 m², construída no topo do edifício principal, com vista panorâmica para a cidade.
|
Sesc 24 de Maio
República: r. 24 de Maio, 109 - República, São Paulo - SP.

Carpintaria carioca da Fortes d’Aloia e Gabriel abrirá suas portas para todos +

A Carpintaria, a filial carioca da galeria paulistana Fortes d’Aloia & Gabriel, prepara para agosto uma exposição aberta a todos os artistas interessados. “Para Todos” será uma exposição experimental sem nenhuma curadoria. No dia marcado pela convocatória, ainda a ser definido, a Carpintaria estará de portas abertas para receber uma obra de arte de qualquer pessoa interessada em mostrar seu trabalho. O único critério é a ordem de chegada dos participantes. A proposta é uma reedição da mostra "Artes e Ofícios – Para Todos”, realizada no galpão do Liceu de Artes e Ofícios, em São Paulo, em 2012. A mostra seguirá os mesmos parâmetros e objetivos: realizar uma exposição sem valores e hierarquias em um espaço colaborativo que opere em rede e se desdobra em múltiplos debates. A Carpintaria fica na r. Jardim Botânico, 971, dentro do Jockey Club do Rio de Janeiro. A mostra acontecerá entre 10 e 19/8/17.

Fundação Athos Bulcão lança catálogo de seu acervo em Brasília +

Desenvolvido pela equipe de profissionais da Fundação Athos Bulcão, o catálogo, de 144 páginas, traz em seu conteúdo 283 obras do artista. Trabalhos que constituem boa parte do acervo da Fundação e que foram fotografados, descritos e catalogados, sendo: 28 pinturas, 10 máscaras, 25 projetos, 13 painéis em azulejos emoldurados, 82 gravuras, 12 desenhos, 33 fotomontagens, 72 estudos, 5 objetos e 3 paramentos litúrgicos. “Grande parte dos trabalhos, apresentados nesta publicação, foi presenteada pelo próprio artista, quando da criação da instituição que levaria seu nome, outras foram doadas por colecionadores, além das adquiridas pela Fundação, o que se alinha ao objetivo de preservar e divulgar o legado deste artista múltiplo que transitou, de forma bastante fluida, através de vários segmentos das artes visuais”, detalha Valéria Cabral, Secretária Executiva da Fundação. Além de informações completas sobre cada obra, o Catálogo do Acervo da Fundação Athos Bulcão traz ainda textos de Valéria Maria Lopes Cabral (apresentação), Rafaella Tamm (introdução), Marília Panitz (texto "Athos Barroco, Athos Concreto, Athos Inventor de Formas") e Fernando Cocchiarale (texto "A Integração Arquitetônica e a Politecnia em Athos Bulcão"), que, para Valéria Cabral, “nos deram a honra de colaborar conosco compartilhando seus conhecimentos sobre o artista, em um projeto que marca o início das nossas comemorações”. O artista completaria 100 anos no dia 2 de julho de 2018. Com tiragem de 2.000 exemplares, o catálogo estará à venda na Fundação Athos Bulcão (R$ 20,00).

Tableau divulga datas de leilões em 2018 +

A casa paulistana de leilões Tableau divulgou as datas de seus leilões em 2018. A maratona começa em fevereiro, com recebimento de obras entre 8 e 17/1/18, exposição entre 2 e 5/2/18 e leilão entre os dias 6 e 8/2/18. Em março, recebimento de obras entre 9 e 21/2, exposição entre 9 e 12/3 e leilão entre 13 e 15/3. Em abril, recebimento de obras entre 16 e 28/3, exposição entre 13 e 16/4 e leilão entre 17 e 19/4. Em maio, recebimento de obras entre 20/4 e 12/5, exposição entre 18 e 21/5 e leilão entre 22 e 24/5. Em junho, recebimento de obras entre 25/5 e 6/6, exposição entre 22 e 25/6 e leilão entre 26 e 28/6. Em julho/agosto, recebimento de obras entre 29/6 e 11/7, exposição entre 27 e 30/7 e leilão entre 31/8 e 2/9. Em setembro, recebimento de obras entre 3 e 15/8, exposição entre 31/8 e 3/9 e leilão entre 4 e 6/9. Em outubro, recebimento de obras entre 7 e 19/9, exposição entre 12 e 15/10 e leilão entre 16 e 18/10. Em novembro, recebimento de obras entre 19 e 31/10, exposição entre 16 e 19/11 e leilão entre 20 e 22/11. O recebimento de obras acontece das 10h às 19h. A visitação dos lotes é entre 10h e 19h. O leilão acontece sempre às 20h30. www.tableau.com.br

Feira ArtRio 2017 divulga novos curadores +

A feira de arte ArtRio 2017 divulgou os nomes dos curadores responsáveis por três de seus programas especiais: as seções Mira e Solo e a mostra Intervenções Bradesco ArtRio, que acontece em paralelo à feira. A feira acontecerá entre 13 e 17/9/17 na Marina da Glória (até o ano passado acontecia no Píer Mauá). Este ano, contará com a participação de 70 galerias brasileiras e internacionais. O Programa Solo terá curadoria da norte-americana Kelly Taxter, curadora-assistente do Jewish Museum de Nova York. Serão apresentadas cerca de 20 obras que partem de um questionamento sobre a liberdade da cultura pop na arte contemporânea frente à diversidade das expressões culturais no mundo globalizado. A primeira edição do projeto Mira será dedicado à videoarte. Realizado em parceria com a Fundação Iberê Camargo, terá como curador Bernardo José de Souza, curador residente da Fundação. A exposição Intervenções, que anualmente leva obras monumentais para espaços públicos, vai ocupar os jardins do Museu de Arte Moderna (MAM-RJ) e terá como curadores Fernando Cocchiarale e Fernanda Lopes. www.artrio.art.br

UFG recebe inscrições para exposições no campus de Goiânia +

A Galeria da Faculdade de Artes Visuais da Universidade Federal de Goiás, espaço de divulgação da arte contemporânea, recebe até 20/8/17 inscrições para o Programa de Exposições de 2017/2018, contemplando propostas curatoriais, exposições individuais e coletivas. O regulamento do edital e demais disposições podem ser encontrados no site da galeria: http://galeriafav.fav.ufg.br/. Os interessados devem enviar o portfólio com projetos e fotos além de preencher os termos de inscrição, para o seguinte endereço: Faculdade de Artes Visuais, Galeria da FAV, Universidade Federal de Goiás, Campus Samambaia, CEP 74690-900 – Goiânia (GO).

SP-Arte/Foto chega à 11ª edição com 31 galerias de cinco Estados +

A feira SP-Arte/Foto chega à 11ª edição no Shopping JK Iguatemi com a presença de 341 galerias de cinco Estados brasileiros: São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Paraná. Entre as novatas este ano estão Janaína Torres e DOC (paulistanas) e Periscópio, de Belo Horizonte. O preview para convidados acontece em 23/8. O público poderá visitar a feira gratuitamente entre 24 e 27/8.
Além da apresentação de fotografias e obras de arte correlatas, o evento contará com uma série de palestras e debates (talks) no lounge One do Shopping JK, oferecerá visitas guiadas e abrigará lançamentos de livros no espaço da Editora Madalena.
#
Veja abaixo a lista das galerias que participarão do evento:
#
Andrea Rehder [São Paulo]
Arte 57 [São Paulo]
Arte Hall [São Paulo]
Babel [São Paulo]
Biographica [São Paulo]
Blau Projects [São Paulo]
Bolsa de Arte [São Paulo e Porto Alegre]
Casa Nova [São Paulo]
Casa Triângulo [São Paulo]
Dan [São Paulo]
DOC Galeria [São Paulo]
Fólio [São Paulo]
Fotospot [São Paulo]
Gávea [Rio de Janeiro]
Inox [Rio de Janeiro]
Janaina Torres [São Paulo]
Luciana Brito [São Paulo]
Luciana Caravello [Rio de Janeiro]
Lume [São Paulo]
Marcelo Guarnieri [São Paulo, Ribeirão Preto e Rio de Janeiro]
Madalena [São Paulo]
Mario Cohen [São Paulo]
Periscópio [Belo Horizonte]
Pinakotheke [São Paulo e Rio de Janeiro]
Portas Vilaseca [Rio de Janeiro]
Raquel Arnaud [São Paulo]
Room 8 [São Paulo]
SIM [Curitiba]
Utópica [São Paulo]
Vermelho [São Paulo]
Zipper [São Paulo]
#
Ficha técnica:
SP-Arte/Foto/2017
Av. Presidente Juscelino Kubitschek, 2041, Vila Olímpia, São Paulo (3º piso do Shopping JK Iguatemi)
Preview para convidados 23/8
Aberta ao público de quinta a sábado (24, 25 e 26/8), das 14h às 21h, e domingo, 27/8, das 14h às 20h

Feira Frieze London recebe nove galerias brasileiras +

As feiras Frieze Londres, em sua 15ª edição, e a Frieze Masters (6ª edição) se preparam para aquecer o outono europeu entre 4 e 8/10/17. As duas feiras acontecerão no Regent’s Park, juntas, receberão cerca de 300 galerias do mundo inteiro, sendo que nove delas do Brasil. A semana contará ainda com o evento Frieze Sculpture, uma mostra pública gratuita de grandes obras de arte ao ar livre, e juntas formarão a mais importante semana de artes de Londres no ano.
Na seção principal da Frieze London estarão as brasileiras A Gentil Carioca, Fortes D’Aloia & Gabriel, Mendes Wood DM, Galeria Luisa Strina e Vermelho. A Galeria Berenice Arvani apresenta Décio Noviello na Spotlight. A Galeria Jaqueline Martins estará na Frieze Focus. Na Frieze Masters participam Bergamin & Gomide, Dan Galeria e Fortes D’Aloia & Gabriel.
Entre as novidades do evento, está a seção “Sex Work: Feminist Art & Radical Politics”, dedicada ao legado de artistas feministas radicais, com curadoria de Alison Gingeras (curador independente). Frieze Projects, com curadoria de Raphael Gygax (Museu Migros, Zurique), apresenta obras comissionadas de 11 artistas internacionais, incluindo o vencedor do Frieze Artist Award, Kiluanji Kia Henda.

Na Frieze Masters, Tim Marlow (Royal Academy of Arts, Londres) assume o comando do celebrado Frieze Masters Talks. A seção Spotlight traz mostras individuais de pioneiros do século XX, com curadoria de Toby Kamps (recém-nomeado diretor e curador chefe do Blaffler Art Museum, Universidade de Houston) enquanto a Collections apresenta galerias especializadas em arte e objetos extraordinários, selecionadas por Sir Norman Rosenthal (curador independente).
#
Confira as demais galerias participantes:
FRIEZE LONDON

303 Gallery, New York
[A Gentil Carioca, Rio de Janeiro]
Miguel Abreu Gallery, New York
The Approach, London
Galería Elba Benítez, Madrid
Marianne Boesky Gallery, New York
Tanya Bonakdar Gallery, New York
The Box, Los Angeles
The Breeder, Athens
Gavin Brown’s enterprise, New York
Buchholz, Berlin
Campoli Presti, London
Canada, New York
Galerie Gisela Capitain, Cologne
Clearing, New York
Sadie Coles HQ, London
Pilar Corrias Gallery, London
Corvi-Mora, London
Galerie Chantal Crousel, Paris
Thomas Dane Gallery, London
Massimo De Carlo, Milan
Galerie Eigen + Art, Berlin
Fonti, Naples
[Fortes D’Aloia & Gabriel, São Paulo]
Marc Foxx Gallery, Los Angeles
Carl Freedman Gallery, London
Stephen Friedman Gallery, London
Frith Street Gallery, London
Gagosian, London
François Ghebaly, Los Angeles
Goodman Gallery, Johannesburg
Marian Goodman Gallery, London
Greene Naftali, New York
Greengrassi, London
Galerie Karin Guenther, Hamburg
Hales, London
Hauser & Wirth, London
Herald St, London
Galerie Max Hetzler, Berlin
Hollybush Gardens, London
Gallery Hyundai, Seoul
Taka Ishii Gallery, Tokyo
Alison Jacques Gallery, London
Galerie Martin Janda, Vienna
Kadel Willborn, Düsseldorf
Casey Kaplan, New York
Kayne Griffin Corcoran, Los Angeles
Anton Kern Gallery, New York
Galerie Peter Kilchmann, Zurich
Tina Kim Gallery, New York
König Galerie, Berlin
David Kordansky Gallery, Los Angeles
Andrew Kreps Gallery, New York
Galerie Krinzinger, Vienna
Kukje Gallery, Seoul
kurimanzutto, Mexico City
Simon Lee Gallery, London
Lehmann Maupin, New York
Lisson Gallery, London
Kate MacGarry, London
Mai 36 Galerie, Zurich
Maisterravalbuena, Madrid
Matthew Marks Gallery, New York
Galerie Greta Meert, Brussels
[Mendes Wood DM, São Paulo]
Kamel Mennour, Paris
Metro Pictures, New York
Galerie Meyer Kainer, Vienna
Victoria Miro, London
Stuart Shave/Modern Art, London
The Modern Institute, Glasgow
Mother’s Tankstation Limited, Dublin
Taro Nasu, Tokyo
Galleria Franco Noero, Turin
David Nolan Gallery, New York
Galerie Nordenhake, Berlin
Galleria Lorcan O’Neill, Rome
Office Baroque, Brussels
Galería OMR, Mexico City
P.P.O.W, New York
Pace Gallery, London
Maureen Paley, London
Peres Projects, Berlin
Perrotin, Paris
Galeria Plan B, Berlin
Galerija Gregor Podnar, Berlin
Simon Preston Gallery, New York
Project 88, Mumbai
Galleria Raucci/Santamaria, Naples
Almine Rech Gallery, London
Rodeo, London
Galerie Thaddaeus Ropac, London
Lia Rumma Gallery, Milan
Salon 94, New York
Esther Schipper, Berlin
Galerie Rüdiger Schöttle, Munich
Sfeir-Semler, Beirut
Jack Shainman Gallery, New York
Shanghart Gallery, Shanghai
Société, Berlin
Sommer Contemporary Art, Tel Aviv
Sprovieri, London
Sprüth Magers, Berlin
Stevenson, Cape Town
[Galeria Luisa Strina, São Paulo]
Supportico Lopez, Berlin
T293, Rome
Timothy Taylor, London
The Third Line, Dubai
Travesía Cuatro, Madrid
[Vermelho, São Paulo]
Michael Werner, New York
White Cube, London
Barbara Wien, Berlin
Zeno X Gallery, Antwerp
David Zwirner, New York

SPOTLIGHT

Anglim Gilbert Gallery, San Francisco — Joan Brown
[Galeria Berenice Arvani, São Paulo — Décio Noviello]
Bank, Shanghai — Maryn Varbanov
Boers-Li Gallery, Beijing — Huang Rui
Ceysson & Bénétière, Paris — Louis Cane
Tiziana Di Caro, Naples — Tomaso Binga
espaivisor, Valencia — Liliane Lijn
Fleisher/Ollman, Philadelphia — James Castle
Foksal Gallery Foundation, Warsaw— Erna Rosenstein
Alexander Gray Associates, New York — Betty Parsons
Garth Greenan Gallery, New York — Nicholas Krushenick
Gallery Hyundai, Seoul — Lee Kun-Yong
Galerie Lelong & Co., New York — Alfredo Jaar
Galleria Massimo Minini, Brescia — Shusaku Arakawa
Anne Mosseri-Marlio Galerie, Basel — Minoru Onoda
P420, Bologna — Laura Grisi
Richard Saltoun, London — Eleanor Antin
Tommy Simoens, Antwerp— Bernd Lohaus
Venus Over Manhattan, New York— John Dogg
Vigo, London — Bram Bogart
Zero…, Milan — Vincenzo Agnetti

FRIEZE FOCUS

47 Canal, New York
VI, VII, Oslo
Antenna Space, Shanghai
Arcadia Missa, London
blank projects, Cape Town
Carlos/Ishikawa, London
Cooper Cole, Toronto
Emalin, London
Frutta, Rome
Gypsum Gallery, Cairo
Instituto de Visión, Bogotá
Jan Kaps, Cologne
Koppe Astner, Glasgow
Kraupa-Tuskany Zeidler, Berlin
Laveronica Arte Contemporanea, Modica
Galerie Emanuel Layr, Vienna
David Lewis, New York
[Galeria Jaqueline Martins, São Paulo]
Galerie Max Mayer, Düsseldorf
Misako & Rosen, Tokyo
Múrias Centeno, Lisbon
Proyectos Ultravioleta, Guatemala City
Revolver Galeria, Lima
Deborah Schamoni, Munich
Seventeen, London
Southard Reid, London
Sultana, Paris
The Sunday Painter, London
Truth and Consequences, Geneva
Rob Tufnell, London
Union Pacific, London
Various Small Fires (VSF), Los Angeles
Federico Vavassori, Milan

SEX WORK: FEMINIST ART & RADICAL POLITICS

Air de Paris, Paris — Dorothy Iannone
Blum & Poe, Los Angeles — Penny Slinger
Galerie Andrea Caratsch, St. Moritz — Betty Tompkins
Lokal_ 30, Warsaw — Natalia LL
Salon 94, New York — Marylin Minter
Richard Saltoun, London — Renate Bertlmann
Galerie Hubert Winter, Vienna — Birgt Jürgenssen
FRIEZE MASTERS

Didier Aaron, Paris
Acquavella Galleries, New York
Antiquarium, New York
Applicat-Prazan, Paris
Ariadne Galleries, New York
Axia, London
Antichita Bacarelli, Florence
Emanuel von Baeyer, London
Jean-Luc Baroni, London
[Bergamin & Gomide, São Paulo]
Bernheimer, Lucerne
Blain | Southern, London
Galerie Daniel Blau, Munich
Blum & Poe, Los Angeles
BorzoGallery, Amsterdam
Botticelli Antichita, Florence
Bowman Sculpture, London
Ben Brown Fine Arts, London
Prahlad Bubbar, London
Cahn, Basel
Cardi, Milan
Castelli Gallery, New York
Caylus, Madrid
Galerie Jean-Christophe Charbonnier, Paris
Cheim & Read, New York
Galerie Chenel, Paris
Le Claire Kunst, Hamburg
Colnaghi, London
Galleria Continua, San Gimignano
Alan Cristea Gallery, London
Daniel Crouch Rare Books, London
[Dan Galeria, São Paulo]
Thomas Dane Gallery, London
Massimo De Carlo, Milan
Dickinson, London
Galerie Bernard Dulon, Paris
Andrew Edmunds, London
Donald Ellis Gallery, New York
Entwistle Gallery, London
Eykyn Maclean, London
Sam Fogg, London
[Fortes D’Aloia & Gabriel, São Paulo]
Peter Freeman, Inc., New York
Stephen Friedman Gallery, London
Gagosian, London
David Ghezelbash Gallery, Paris
Galería Elvira González, Madrid
Richard Green, London
Bernard de Grunne Tribal Fine Arts, Brussels
Dr. Jörn Günther Rare Books, Basel
Johnny van Haeften, London
Hauser & Wirth, London
Hazlitt Holland-Hibbert, London
Bernard Jacobson Gallery, London
Annely Juda Fine Art, London
Kallos Gallery, London
Tina Kim Gallery, New York
Koetser Gallery, Zurich
Kukje Gallery, Seoul
Kunstkammer Georg Laue, Munich
Les Enluminures, Paris
David Lévy, Brussels
Lévy Gorvy, London
Salomon Lilian, Amsterdam
Luhring Augustine, New York
Luxembourg & Dayan, London
Olivier Malingue, London
Gió Marconi, Milan
Marlborough Fine Art, London
Barbara Mathes Gallery, New York
The Mayor Gallery, London
Anthony Meier Fine Arts, San Francisco
Galerie Meyer Oceanic Art, Paris
Mnuchin Gallery, New York
Galerie Monbrison, Paris
Moretti Fine Art, London
Richard Nagy, London
Nahmad Contemporary, New York
Stephen Ongpin Fine Art, London
Pace Gallery, London
Franklin Parrasch Gallery, New York
Phoenix Ancient Art, New York
Galerie Eva Presenhuber, Zurich
Raccanello Leprince, London
Almine Rech Gallery, London
Robilant + Voena, London
Galerie Thaddaeus Ropac, London
Michael Rosenfeld Gallery, New York
Rudigier, Munich
Salon 94, New York
Schönewald Fine Arts, Düsseldorf
Shapero Rare Books, London
Bruce Silverstein Gallery, New York
Skarstedt, London
Sperone Westwater, New York
Sprüth Magers, Berlin
Craig F. Starr Gallery, New York
Sycomore Ancient Art, Geneva
Galleria Tega, Milan
Galerie Thomas, Munich
Tornabuoni Art, London
Van de Weghe Fine Art, New York
Axel Vervoordt Gallery, Wijnegem
Rupert Wace Ancient Art, London
Waddington Custot, London
Offer Waterman, London
W&K – Wienerroither & Kohlbacher, Vienna
David Zwirner, New York

COLLECTIONS

Desmet Gallery, Brussels
Martin Doustar – Ancient & Primitive Art, Brussels
The Gallery of Everything, London
Galerie Ulrich Fiedler, Berlin
Israel Goldman Japanese Prints, London
Paul Hughes Fine Arts, London
Benjamin Spademan Rare Books, London


Fundação Conrado Wessel anuncia vencedores da sua 15ª edição +

O Prêmio FCW de Arte (Fotografia), um dos mais importantes prêmios na área da fotografia do Brasil, anuncia os vencedores da sua 15ª edição, selecionados por comissão julgadora. Os 15 melhores trabalhos integrarão um livro comemorativo da premiação. Desses finalistas foram escolhidos três vencedores, que receberão prêmios nos valores de R$ 114,3 mil (1.º colocado) e R$ 42,8 mil (2.º e 3.º colocados).
O prêmio recebeu a inscrição de 510 ensaios fotográficos para a sua 15.ª edição, originários de 23 estados brasileiros, além do Distrito Federal, que teve 22 trabalhos encaminhados. A comissão julgadora seleciona os 15 melhores trabalhos, que integrarão um livro comemorativo da premiação. A cerimônia de premiação ocorrerá em 20 de setembro, em São Paulo, juntamente com a entrega do Prêmio FCW de Ciência e Cultura.

Confira a lista:

1° Lugar - Rodrigo Zeferino com o ensaio “O Grande Vizinho”;

2° Lugar - Wagner Almeida, com ensaio “Luz Vermelha”;

3° Lugar - Lalo de Almeida, com o ensaio “Microcefalia as Vitimas do Zika Virus’.

Finalistas:
Alexandre Furcolin Filho e Jazzie Moyssiadis em “Br Motels” ;
Andre Penteado em “Missão Francesa”;
Avener Prado em “Ainda Lama”;
Brunno Covello em “Retratos Para O Haiti”;
Daniel Pinho em “Retratos de Família”;
Davilym Dourado em “Monster”;
Edu Simoes em “59 Jovens Negros são Assassinados no Brasil Todos os Dias”;
Eustaquio Neves em “Cartas Ao Mar”;
Felipe Russo em “Garagem Automática”;
Gustavo Minas em “Rodoviária”;
Ilana Bar em “Transparências de Lar”;
Márcio Vasconcelos em “Visões de um Poema Sujo’;
Thiele Elissa em “Estranhos Íntimos”.
|
www.fcw.org.br

Ateliê Priscila Mainieri estende ciclo de palestras Arte e Revolução +

O Ateliê Priscila Mainieri estende a programação do ciclo de palestras “Arte e Revolução”, ministradas por Denis Bruza Molino. O curso busca constantemente fazer conexões entre arte e educação em encontros culturais onde aconteçam a troca e fomentação do conhecimento e a formação do universo da arte. Os interessados podem enviar e-mail para contato@ateliepriscilamaineri.com.br. Investimento de R$ 80 por palestra. Confira o cronograma:
|
23/03, às 19h30 – Entre Marat e Napoleão: David e a pintura francesa revolucionária;
27/04, às 19h30 – Romantismo e heroísmo em Géricaul e Delacroix;
25/05, às 19h30 – Da parodia ao escândalo: o realismo de Coubert e Daumier;
19/06, às 19h30 – Duchamp e o Dadaísmo alemão.
|
Mais informações:
Ateliê Priscila Mainieri
Vila Madalena: r. Isabel de Castela, 274, tel. (11) 3031-8727.
www.ateliepriscilamainieri.com.br

Festival Performe-se no Espírito Santo recebe inscrições +

A segunda edição do Festival Performe-se: Fronteiras Borradas | Fronteiras Rrguidas ocorre entre 27 e 30/09/17, evento voltado para a arte da performance com uma programação diversificada com oficinas, debates, performances, mostra de vídeo-performances e encontros em Vitória, Espírito Santo. Neste ano, com apoio da Universidade Federal do Espírito Santo e financiamento por meio do Funcultura, o festival convoca artistas locais e de todo o Brasil para inscrição de seus projetos de performances e vídeo-performances; com ajuda de custo no valor de R$ 600 para residentes no estado e R$1.200 para outros estados. Até 30/06/17.
O festival surgiu do desejo de artistas e estudantes do Curso de Artes da UFES de incentivar a produção e o desenvolvimento de processos de criação em performance assim como de estabelecer redes e espaços de compartilhamento de experiências voltadas para as poéticas do corpo. Questões que envolvem as facetas sociais brasileiras, como também a condição mundial inflamada pelos conflitos e política, discussões que tratam das fronteiras do eu e da relação com o outro, assim como dos limites entre performer e público e suas possíveis dimensões participativas. Concepção de Geovanni Lima e Natalie Mirêdia, e produção e organização de Carla Borba, Geovanni Lima e Natalie Mirêdia.
|
Mais informações:
www.performese.wixsite.com/performe-se

Concretos e neoconcretos ganham mostras em Nova York +

Lygia Pape, Lygia Clark, Hélio Oiticica, Judith Lauand e o grupo carioca Frente invadem Nova York nos próximos meses. A retrospectiva “Lygia Pape - A Multitude of Forms” fica em cartaz no Metropolitan Breuer, até 23/7. A galeria Luhring Augustine mantém a antologia “Lygia Clark - Modulated Space” em cartaz até 17/6. Dois dias antes do encerramento, em 15/6, a Driscoll Babcock Galleries realiza sua segunda mostra individual de Judith Lauand, novamente com curadoria de Aliza Edelman. A primeira mostra foi em 2015. O grupo carioca Frente, liderado por Ivan Serpa, ganha mostra na Galerie Lelong entre 22/6 e 5/8. Além de obras de Serpa, serão apresentados trabalhos de João José Silva Costa, Rubem Ludolf, Aluísio Carvão, Décio Vieira e outros. Em 14/7, chega ao Whitney Museum a mostra retrospectiva “Helio Oiticica: To Organize Delirium”, que já passou por Pittsburgh e Chicago. A mostra ficará em cartaz até 1/10.